Tamanho do texto maiorTamanho do texto pequeno
E-Mail
Senha
 
 
  Esqueci a senha  
  Acesso bloqueado  
  Cadastre-se

 
  Notas e Notícias
  Perguntas & Respostas
  Nutriletter
  Teses e monografias
  Diretrizes e Legislação
  Manuais
  Anais de Congressos
  Entrevistas
  Aulas
  Tabelas
  Pirâmides
  Cálculos
  Livros
  Links
  Glossário
 
  Anorexia e Caquexia
  Diabetes
  Imunonutrição
  Fibras
  Nutrição Parenteral
  Probióticos
  Nutrição e Saúde Ideal
  Suplementos Orais
  Terapia Nutricional
  Nutrição Enteral
  Paciente Crítico
  Lipídios em NE
  Nut. Perioperatória
  Fibras em NE
  Nutrição Clínica
  Fórum HMB
  Nutribunal & NSI
  Probióticos em cápsulas
 
  Nutrirepórter
 
  Enquete
  Cartas
  Agenda de eventos
  Ajuda
  Fale Conosco
 
  Quem Somos
  Mapa do Portal
 
  ICNSO
  GANEP
 

 
 
 


(Atualizado em 05/02/2016)

Risco de desnutrição aumenta o risco de mortalidade em idosos



   
Ingestão de café diminui risco de câncer de fígado
Estudo sugere que a associação inversa entre o consumo de café e o risco de desenvolvimento de carcinoma hepatocelular é explicada por biomarcadores de inflamação e lesão hepatocelular 

 mais»
(05/02/2016, Alweyd Tesser)

   
A alimentação pode influenciar no surgimento e tratamento de celulite?
O comportamento alimentar da população brasileira e de boa parte da mundial é caracterizado pela ingestão excessiva de alimentos industrializados, ricos em gorduras, carboidratos simples, sódio, proteínas de origem animal e pobre em alimentos crus, como frutas e hortaliças, o que ocasiona um desequilíbrio nutricional e influencia no surgimento da celulite. Conhecer a ação direta dos nutrientes e da sua inter-relação metabólica é fundamental para o combate efetivo da celulite, pois muitos são os fatores que predispõem o seu desenvolvimento além da alimentação, como fumo, sedentarismo e constipação intestinal.
 mais»
(05/02/2016)



 Em que momento você utiliza a nutrição parenteral (NP) como complemento caso seu paciente não esteja atingindo as necessidades nutricionais com a nutrição enteral na terapia intensiva?
 Após 2 a 3 dias em uso de terapia nutricional (TN)
 Após 6 a 7 dias em uso de TN
 Após 15 dias em uso da TN
 Quando meu paciente atinge menos de 60% das necessidades nutricionais complemento com a NP independente do tempo de uso da TN
 Não uso a NP como complemento porque não me sinto seguro devido a falta de informação
 
(05/02/2016)
Assinale uma das opções abaixo:
 sou nutricionista
sou biólogo
sou enfermeiro
sou médico
sou farmacêutico
sou membro da indústria
sou técnico em nutrição
outros
 
 
Nutrição Parenteral - Data de Publicação: 03/11/2015 (Terça-Feira)

 
Quando devo iniciar a administração de nutrição parenteral em meu paciente?
 
Terapia nutricional especializada consiste no fornecimento de nutrientes por via oral, enteral ou parenteral, com intenção terapêutica. Sua aplicação é fundamental para promover a adequada cobertura das necessidades nutricionais e recuperação de pacientes hospitalizados desnutridos ou em risco de desnutrição (1). As distintas modalidades da terapia nutricional especializada apresentam vantagens e desvantagens específicas e sua seleção depende principalmente do estado clínico do paciente. Diferentes d
 
iretrizes estão disponíveis para guiar a correta utilização da terapia nutricional especializada e as principais considerações gerais que devem ser observadas para início da sua modalidade parenteral serão presentemente discutidas.

A indicação de nutrição parenteral (NP) é de fundamental importância para a recuperação nutricional de pacientes que não podem ser suficientemente alimentados por via enteral (1). Atualmente se reconhece que a prática de NP de acordo com as recomendações ...
 
 
 mais»

 

 


 
 




In compliance since 2001




 
 
Copyright by Nutritotal. Todos os direitos reservados.     Tecnologia : Fermo Sistemas .     Design gráfico : Junco Estúdio Gráfico    Videos : PW Video Server