Bem-estar e privações múltiplas na infância e adolescência no Brasil

Postado em 13 de janeiro de 2020 | Autor: Nicole Perniciotti

Segurança Alimentar foi destacada como importante pilar na privação extrema e desigualdade da desnutrição entre diferentes etnias

Documento publicado pelo UNICEF discute questões relacionadas ao bem-estar e privações múltiplas sofridas por crianças brasileiras durante a infância e adolescência. Nele, há a analise e discussão da dimensão da pobreza no Brasil e suas vertentes, que na grande maioria das vezes, violam os direitos básicos dessa população.

O documento traz um capítulo sobre  o projeto do IBGE motivado pela melhoria da segurança alimentar, o PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), que segundo o documento “cumpre a Lei 11.346 : É dever do poder público respeitar, proteger, promover, prover, informar, monitorar, fiscalizar e avaliar a realização do direito humano à alimentação adequada, bem como garantir os mecanismos para sua exigibilidade”.

Além disso, o documento traz o estudo da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA), que inclui um questionário com 14 perguntas que permitem avaliação da situação alimentar da população de 0 a 17 anos de idade. Veja a seguir o gráfico de classificação:

Documento publicado pelo UNICEF discute questões relacionadas ao bem-estar e privações múltiplas sofridas por crianças brasileiras durante a infância e adolescência. Nele, há a analise e discussão da dimensão da pobreza no Brasil e suas vertentes, que na grande maioria das vezes, violam os direitos básicos dessa população.

O documento traz um capítulo sobre  o projeto do IBGE motivado pela melhoria da segurança alimentar, o PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), que segundo o documento “cumpre a Lei 11.346 : É dever do poder público respeitar, proteger, promover, prover, informar, monitorar, fiscalizar e avaliar a realização do direito humano à alimentação adequada, bem como garantir os mecanismos para sua exigibilidade”.

Além disso, o documento traz o estudo da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA), que inclui um questionário com 14 perguntas que permitem avaliação da situação alimentar da população de 0 a 17 anos de idade. Veja a seguir o gráfico de classificação:

A UNICEF destacou, também, uma importante desigualdade na desnutrição de crianças e adolescentes brasileiros com incidência de privações graves e a falta de segurança alimentar de acordo com a etnia:

 

 

Faça o download e leia o material completo.

  • DOWNLOAD

Leia também