Perfil do Profissional Nutricionista no Brasil

Postado em 21 de janeiro de 2020 | Autor: Nicole Corrêa Perniciotti

Nutrição Clínica, Alimentação Coletiva e Saúde Coletiva são responsáveis por quase 80% dos empregos

Cartilha do CFN sobre a Inserção do Profissional Nutricionista no Brasil identifica o perfil do profissional e seu papel no mercado de trabalho, visando o entendimento do contexto dessa profissão.

O documento dá destaque aos capítulos de Gênero, Formação Acadêmica, Área de atuação, Renda, Publicações na Área da Saúde, Educação Alimentar e Nutricional e Poder de Decisão.

Entre os dados estão que 94,1% dos profissionais são do sexo feminino, mas apenas as áreas de Alimentação Coletiva e Nutrição Clínica tem sua maioria de nutricionistas femininas. Saúde Coletiva, Docência, Indústria e Nutrição Esportiva apresentam maior percentual de profissionais do sexo masculino.

A faixa etária predominante da profissão é de 25 a 44 anos (80,9%). Já a graduação na área da nutrição foi citada prioritariamente em instituições privadas de ensino (62,5%), e meio de ingresso  que teve maior percentual foi o vestibular (88,7%). 73,2% decidiram se especializar após a realização da graduação em cursos de pós-graduação e a maioria está formado entre 5 e 10 anos (38,5%).

Quanto a área de atuação profissional, a pesquisa do CFN apontou que 88,8% dos nutricionistas trabalham por 3 anos ou mais no mesmo local; 39,3% são celetistas não concursados e 42,4% possuem jornada de trabalho de 40 horas, sendo que as áreas tradicionais de Nutrição Clínica, Alimentação Coletiva e Saúde Coletiva são responsáveis por quase 80% dos empregos.

Para ler a pesquisa completa sobre a profissão do nutricionista no Brasil, faça download do arquivo.

  • DOWNLOAD

Leia também