Adolescente que pula o café da manhã tem maior risco de obesidade, diz estudo

Postado em 23 de novembro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Nutricionista explica por que o desjejum é considerado a refeição mais importante do dia

Mãe e filha sentadas à mesa tomando café da manhã e sorrindo, Na mesa tem sucos, leite e pães

Um bom café da manhã pode ajudar a regular a quantidade de alimentos consumidos ao longo do dia | Imagem: Shutterstock

A adolescência é um estágio delicado de desenvolvimento do ser humano e tem grande influência nos comportamentos relacionados ao balanço energético e à alimentação na vida adulta. E o risco de obesidade entre os jovens pode ser iminente, em especial, para aqueles que pulam o café da manhã, segundo um estudo divulgado no periódico Science Reports.

A pesquisa avaliou se a duração do sono estaria ligada com a não realização do café da manhã com o desenvolvimento de obesidade total e abdominal em adolescentes entre 14 e 18 anos. Também foram avaliados os níveis de atividade física e os comportamentos sedentários dos voluntários.

E os resultados mostraram uma associação significativa entre pular o café da manhã e o risco para o desenvolvimento de obesidade, independentemente de o adolescente ter tido uma boa noite de sono anteriormente.

Veja também: Jantar tarde e pular o café da manhã pode aumentar o risco de infarto

A primeira refeição contra o risco de obesidade

Para a nutricionista Roberta Lara, o café da manhã equilibrado é uma refeição importante para manter o metabolismo ativo ao longo do dia, e deve ser realizado especialmente pelos adolescentes que demandam de maior energia.

“O consumo regular de café da manhã está associado a um melhor padrão alimentar e com maior ingestão de micronutrientes, por meio de frutas e sucos naturais”

A nutricionista diz ainda que a influência benéfica do consumo de café da manhã pode estar relacionada também com a diminuição nos marcadores de adiposidade no corpo, além de ser capaz de ajudar a regular a quantidade de alimentos consumidos ao longo do dia nas próximas refeições.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Roberta Lara é proprietária e responsável técnica do Instituto de Nutrição Roberta Lara. Mestre e doutora em Investigação Biomédica, na área de Concentração Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP). Pesquisadora colaboradora do Laboratório de Genômica Nutricional (LABGEN) da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Membro do Núcleo de Nutrição e Saúde Cardiovascular do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Membro do Comitê Científico Consultor Institucional Life Sciences Institute (ILSI).

Forkert ECO, Moraes ACF, Carvalho HB, et al. Skipping breakfast is associated with adiposity markers especially when sleep time is adequate in adolescents. Sci Rep. 2019;9(1):6380. Published 2019 Apr 23.

Leia também



Assine nossa newsletter: