5 guloseimas que as crianças adoram, mas fazem um mal danado

Postado em 16 de outubro de 2019 | Autor: Lenycia de Cassya Lopes Neri

Cheios de conservantes, corantes, açúcar ou sódio, eles devem ser evitados pelos pais para garantir uma alimentação mais saudável aos pequenos

Lenycia de Cassya Lopes Neri

Lenycia de Cassya Lopes Neri é nutricionista*

Alguns alimentos estão presentes na alimentação das crianças, mas não são indicados na infância por possuírem grandes quantidades de conservantes, corantes, açúcar, sódio e outros elementos.

E isso pode trazer uma sobrecarga para o organismo delas. Alguns desses alimentos que fazem mal à saúde ainda são relacionados com alimentação saudável, por isso, é importante tomar cuidado na hora de comprá-los. A seguir listo alguns exemplos:

Alimentos que fazem mal à saúde e devem ser evitados pelas crianças

Bebidas açucaradas

Refrigerantes (versões normal, zero ou diet), suco artificial (pó para refresco ou néctar pronto para consumo), achocolatados (em pó ou prontos para consumo) são, de modo geral, alimentos que não trazem nenhum benefício para a saúde. Muito pelo contrário, eles são um dos grandes responsáveis pelo aumento da prevalência de obesidade infantil. Muitas vezes a criança consome esses produtos de maneira livre ao longo do dia, chegando ao consumo de até 2 litros diários! Vale a pena lembrar que a melhor hidratação para os pequenos é beber água pura ao longo do dia, de maneira frequente, e evitar essas bebidas não nutritivas.

Macarrão instantâneo

Mais um da lista de alimentos que fazem mal à saúde, o macarrão instantâneo é prejudicial pelo seu preparo ainda na fábrica. O alimento sofre um processo industrial onde ele é “frito” e depois desidratado para sua comercialização, ou seja, além de ser um alimento ultraprocessado, tem um alto teor de gordura e sódio. Um bom substituto para esse produto é o macarrão comum no formato cabelo de anjo, que tem o mesmo tempo de cocção do instantâneo, com a vantagem de ter menor quantidade de sódio e gorduras. Outra dica é preparar o macarrão com legumes e carnes, assim a refeição fica completa para as crianças aproveitarem.

Petit suisse

Muitas vezes ele é oferecido às crianças pelos pais por acreditarem que se trata de um alimento saudável. Mas a verdade é que ele tem uma grande quantidade de açúcar, além de espessantes e conservantes. Como opção, experimente preparar um iogurte de morango natural batido com frutas in natura e sem açúcar.

Biscoitos industrializados

Seja a versão salgada ou doce, recheada ou wafer, o fato é que os biscoitos industrializados possuem uma grande quantidade de sódio, açúcar, conservantes e corantes. Preparar os biscoitos em casa, assim como fazia a vovó antigamente, além de ser uma atividade divertida para se fazer com as crianças, oferece um alimento muito mais nutritivo.

Salsichas e outros embutidos

Esses alimentos ultraprocessados têm quantidades excessivas de sódio, corantes, conservantes, além da alta quantidade de gordura. Portanto, são alimentos que fazem mal à saúde e devem ser evitados na alimentação das crianças. Para recheios de lanches prefira usar queijos, patês caseiros, pastas de oleaginosas caseiras (como a de amendoim), geleias caseiras, entre outros.

Dicas

De um modo geral, os alimentos que são industrializados e possuem uma lista de ingredientes muito longa, incluindo nomes de produtos que nunca usaríamos em nossas receitas caseiras, não podem ser considerados alimentos saudáveis.

Para oferecer aos pequenos, o melhor é sempre optar por aqueles que vêm da natureza, como frutas, verduras, legumes, carnes, leite, ovos e grãos. E devemos incluir esses ingredientes de maneira variada e colorida no dia a dia de todas as crianças. Açúcar e sal em pequenas quantidades podem ser utilizados para dar um temperinho às preparações culinárias realizadas na família a partir dos dois anos de idade.

A melhor maneira de controlar o consumo desses alimentos listados anteriormente é cozinhar em casa, já que você conhecerá os ingredientes. Com planejamento, é possível fazer uma rotina mais saudável para toda a família.

Lenycia de Cassya Lopes Neri é nutricionista graduada pela USP, especialista em Nutrição Clínica pela ASBRAN e mestre pela Faculdade de Medicina USP. Atua como nutricionista do ambulatório do Instituto da Criança – HC FMUSP e é diretora da Nutri4Life Consultoria em Nutrição.

Leia também



Assine nossa newsletter: