4 bons motivos para aderir à dieta indiana

Postado em 27 de janeiro de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Detox e focada na longevidade, essa alimentação milenar prioriza os ingredientes naturais para manter a saúde

Uma das medicinas mais ancestrais do mundo é a indiana. Há cerca de 5 mil anos, foi desenvolvido no país asiático um sistema de saúde completo, o Ayurveda, que preza pela prática de princípios holísticos com foco na saúde de cada paciente. Segundo um estudo publicado no Frontiers in Public Health, o método trata de aspectos relacionados à saúde e ao bem-estar, como a busca pela felicidade sustentável e pela longevidade. E claro que isso passa pela alimentação – assim, popularizada no ocidente como dieta indiana, o Ayurveda tem ganhado destaque entre aqueles que buscam uma vida mais saudável.

E para que você conheça um pouco mais sobre essa dieta indiana milenar, separamos alguns dos seus ensinamentos a seguir. Mas vale lembrar que qualquer dieta deve ser sempre acompanhada por um profissional de saúde:

Ensinamentos da dieta indiana

Ayurveda pode ser traduzido ao pé da letra como “ciência da vida”, e ele reúne princípios para uma alimentação que visa a felicidade e a longevidade. Veja alguns deles:

Mesa com alguns alimentos da dieta indiana, como cúrcuma e gengibre

A dieta indiana preza a saúde | Imagem: Shutterstock

Saúde é equilíbrio

Na dieta ayurveda, existem três estados fundamentais de um ser: o físico, o mental e o espiritual. A saúde é um equilíbrio entre esses três estados e sua relação com o mundo exterior, formado pelos cinco elementos da natureza (terra, água, fogo, ar e éter) que, por sua vez, correspondem a cada um dos cinco sentidos (olfato, paladar, visão, tato e audição, respectivamente).

Na dieta indiana, os alimentos são separados por grupos

A dieta indiana possui também estágios no ciclo digestivo. Segundo os pesquisadores do estudo divulgado no Frontiers in Public Health, um alimento cujo sabor é azedo, no paladar pode ser doce após a digestão. Por isso, eles separam os alimentos em grupos diferentes, com características físicas, digestivas e sazonais parecidas entre si.

Cada um tem um dosha predominante

Outra característica da dieta indiana é a presença dos doshas, que de acordo com uma pesquisa publicada no The EPMA Journal, são os princípios dinâmicos que governam as funções físicas, fisiológicas e psicológicas de uma pessoa, incluindo o metabolismo. Ao todo, são três doshas: Vata, Pitta e Kapha. Cada um deles está ligado à natureza do ser humano e aos grupos alimentares citados anteriormente. E cada pessoa possui um dosha predominante. Existem alguns testes na internet para saber o seu, mas o ideal é consultar um profissional da área.

Seu dosha influencia sua alimentação

Um artigo do California College of Ayurveda explica como é a alimentação para cada perfil do dosha:

Vata

É a mistura do ar e éter, portanto há a indicação do consumo de grãos cozidos, como arroz e leguminosas, bem como a ingestão de leite quente com especiarias e de ervas pungentes como o gengibre.

Pitta

União da água com o fogo, para equilibrar sua alimentação, deve-se optar por especiarias frescas como erva-doce, além de vegetais crus, trigo e feijão.

Kappa

Kappa une a terra e a água, e esses indivíduos consomem grãos como quinoa e amaranto, bem como especiarias quentes, como a pimenta caiena para manter o equilíbrio físico, mental e espiritual.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Unnikrishnan P. et al. Exploring Ayurvedic Knowledge on Food and Health for Providing Innovative Solutions to Contemporary Healthcare. Frontiers in Public Health, 2016.

Patwardhan B. Bridging Ayurveda with evidence-based scientific approaches in medicine. The EPMA Journal, 2014.

Halpern M. Tridosha: The Science Of Ayurveda and the three doshas (vata, pitta, kapha). California College of Ayurveda, 2017.

Leia também



Assine nossa newsletter: