Como manter uma alimentação saudável para curtir o Carnaval

Postado em 24 de fevereiro de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

É possível se manter hidratado e bem alimentado sem perder a diversão

Manter uma alimentação saudável é muito importante para ter um Carnaval cheio de energia – especialmente para quem vai curtir os bloquinhos, bailes e desfiles dessa festa brasileira.

A nutricionista Cristiane Verotti afirma que, se fosse para dar uma única dica no Carnaval de quem tenta controlar a dieta, seria não beber. “Isso porque o álcool é um grande sabotador de calorias da dieta. Mas como não consumi-lo é praticamente impossível durante a tão esperada folia, a gente deve se atentar então em torno das consequências que o excesso de álcool poderá trazer”, ressalta.

E um estudo publicado pela Oxford Academic corrobora os malefícios do álcool na hidratação. Segundo os cientistas, quando o corpo está começando a desidratar, a ação diurética do álcool fica maior, a fim de tentar restaurar o equilíbrio hídrico no corpo, e isso pode comprometer o sistema urinário, por exemplo.

Por isso, para não passar mal na folia, listamos alguns mitos e verdades sobre a alimentação saudável no Carnaval. Confira:

4 mitos e verdades sobre alimentação saudável no Carnaval

Veja o que realmente vale a pena consumir durante a farra.

Menina no meio de festa de Carnaval, com uma tiara de unicórnio, bebendo água em garrafa

Manter a hidratação é muito importante para aproveitar a festa | Imagem: Shutterstock

É melhor ficar em jejum para pular os bloquinhos

Mito. Primeiramente, Cristiane recomenda uma boa alimentação para poder curtir a folia numa boa. “Além da energia, proveniente dos macronutrientes, carboidratos, proteínas e gorduras, você também deve manter uma alimentação rica em vitaminas, sais minerais e antioxidantes”, explica.

Dietas low carb podem atrapalhar quem quer aproveitar a folia

Verdade. De acordo com a nutricionista, os carboidratos são a fonte primária de energia e ajudam manter os níveis de glicose no sangue. Portanto, dietas low carb, cetogênicas ou que tenham privação desse importante macronutriente não são bem-vindas. “Não adianta não comer direito e consumir snacks e outros petiscos supercalóricos na hora que a fome apertar durante a festa. Um almoço com um prato de macarrão (ou arroz, ou tubérculos), com proteínas magras, como peito de frango ou peixe, ou ainda ovos com verduras pode ser um bom exemplo de como obter energia necessária para a farra, sem acabar com a dieta”, destaca.

Nos bloquinhos, apenas opções de food trucks são viáveis para a alimentação

Mito. Como dica, Cristiane sugere carregar consigo frutas secas (damasco, uva passa, tâmaras, banana passa) ou oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, avelãs, pistaches). “Esses alimentos ocupam pouco espaço, são fáceis de carregar e são extremamente saudáveis”, comenta. A sugestão pode ser uma saída para não cair nas frituras dos food trucks, que são repletos de gorduras de má qualidade, além de muito sódio e temperos industrializados.

É possível se manter hidratado sem abrir mão do consumo moderado de drinks alcoólicos

Verdade. Com moderação, a nutricionista explica que é possível unir o útil ao agradável. “É importante manter-se muito bem hidratado, e por isso, dá para fazer uma continha rápida de 40 ml/kg de água/dia. Exemplo: se você pesa 70 kg, deve consumir 2.800 ml de água no dia. Aumentar a hidratação é necessário tanto pelo calor desta época do ano, como também para diminuir os sintomas da ressaca. Sugiro intercalar drinks com água, isso pode reduzir pela metade as calorias consumidas, além de aliviar e muito a ressaca”, afirma.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Cristiane Verotti é nutricionista especializada em nutrição clínica e esportiva. Mestre pelo departamento de gastroenterologia da FMUSP. Membro titular da BRASPEN.

Robson R. et al. Hydration Status and the Diuretic Action of a Small Dose of Alcohol. Oxford Academic, 2010.

Leia também



Assine nossa newsletter: