Entenda a importância dos fitosteróis na sua alimentação

Postado em 31 de janeiro de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Conheça também as principais fontes desse componente natural

Entre os alimentos que ajudam a proteger o coração, estão aqueles que são fontes de fitosteróis. Com estrutura química parecida com a do colesterol, esse componente natural está presente em várias fontes alimentares do seu dia a dia. E ele pode ser um aliado à saúde cardiovascular!

Na lista dos alimentos ricos em fitosteróis, o principal talvez sejam os óleos vegetais. Contudo, ainda assim, é preciso tomar cuidado com as quantidades diárias desse grupo alimentar para não cometer excessos na dieta. Por isso, consulte seu nutricionista para saber a quantidade necessária em seu plano alimentar.

E, a seguir, conheça outros alimentos ricos em fitosteróis e os benefícios desse componente para a saúde:

Fitosteróis: saiba mais sobre eles

Os estudos científicos têm revelado as propriedades do componente para nosso organismo.

Várias garrafas de vidro com óleos vegetais, alimentos ricos em fitosteróis

Óleos vegetais são ricos em fitosteróis, mas o consumo não deve ser excessivo | Imagem: Shutterstock

Fontes diversificadas

Uma pesquisa feita na Universidade Federal do Rio Grande do Sul lista como principais alimentos ricos em fitosteróis os óleos de soja, canola e girassol, mas reitera que ainda há outras fontes importantes como nozes e sementes de gergelim. Já de acordo com a diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia para dislipidemias e prevenção da aterosclerose, os cereais, grãos e vegetais também são fontes de fitosteróis.

Contra o colesterol LDL

De acordo com um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, os fitosteróis são esteróis vegetais naturais que podem ajudar a reduzir a absorção intestinal de colesterol. Por esse motivo, os pesquisadores afirmam que, em doses moderadas, o componente pode alterar favoravelmente o metabolismo do colesterol no corpo inteiro.

Benefícios para diabéticos

Um estudo do Diabetes Research and Clinical Practice analisou o impacto dos fitosteróis nos lipídios presentes no plasma de pacientes com diabetes tipo 2. Como conclusão, eles avaliaram que o componente foi capaz de reduzir significativamente o colesterol total e o LDL, com uma tendência de melhora no HDL. Em contrapartida, nenhum efeito benéfico sobre o triglicerídeos foi notado.

Combate ao câncer

Uma pesquisa feita na Universidade Federal de Nova York apontou que o uso de fitosteróis na alimentação é capaz de reduzir significativamente o risco de câncer em até 20%.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Breda M. Fitoesteróis e os benefícios na prevenção de doenças: uma revisão. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2010.

Racette S. et al. Dose effects of dietary phytosterols on cholesterol metabolism: a controlled feeding study. American Journal of Clinical Nutrition, 2010.

Baker W. et al. The effect of plant sterols or stanols on lipid parameters in patients with type 2 diabetes: A meta-analysis. Diabetes Research and Clinical Practice, 2009.

Bradford PG. et al. Phytosterols as anticancer compounds. Universidade Federal de Nova York, 2007.

Sociedade Brasileira de Cardiologia, 2017.

 

Leia também



Assine nossa newsletter: