fbpx

COMO SE CONSTRÓI O MITO E COMO DESCONSTRUIR

Postado em 25 de maio de 2009 | Autor: Marcelo Fender

Objetivo: Promover a desconstrução do mito e a internalização da informação científica abordada pelo profissional de nutrição: Nutrólogos e Nutricionistas

Para entendermos os chamados mitos nutricionais, devemos entender que os mesmos ocorrem com a interpretação primitiva e ingênua do mundo e de sua origem. Bem como dar explicação a algo incompreensível no repertório de cada indivíduo.

Existem fantasias nutricionais relacionadas às práticas alimentares no cotidiano. Esses mitos se formam através da absorção de “má informação” coletada pelo indivíduo em seus eventos sociais. Não podemos descartar a mídia e a internet que promovem a proliferação da dúvida, com o intuito de corromper o consumidor na maioria das vezes, induzindo-o ao consumo de alimentos e produtos de forma errônea e leviana.

Para distinguir o mito da realidade, a única forma é promover a “boa informação” e desconstruir a concepção do irreal para uma vertente segura e saudável.

Fazer uma escuta séria das informações do paciente respeitando seu histórico, vocabulário e repertório cultural. Desta forma o profissional estará dissipando seu distanciamento técnico, intimizando a consulta e aproximando-se de seu cliente. A etapa seguinte visa introjetar no mesmo as informações adequadas e científicas, trazendo para a realidade do cliente os fatos realmente comprovados e relevantes sem ferir sua ingenuidade popular.

Tarefa nem sempre fácil, tem como estratégia básica a conquista da confiança garantindo canal aberto de comunicação entre o técnico e o cliente, que passa a ser um multiplicador da “boa informação”.

Referências Bibliográficas

Pinheiro J, Seabra D. Acta Med Port. 2008 Mar-Apr;21(2):149-60.

Drummond S. J Fam Health Care. 2006;16(5):143-5.

Senok AC, Ismaeel AY, Botta GA. Clin Microbiol Infect. 2005;11(12):958-66.

Endereço eletrônico: mfender@uol.com.br

Leia também