fbpx

Probióticos e Sistema Imune

Postado em 25 de maio de 2009 | Autor: Dra. Renata Rodrigues Cocco

Objetivo da palestra:

Entender o modo com que os probióticos agem sobre o sistema imunológico.

Mensagens principais:

Imunomodulação e imunoestimulação são os principais mecanismos de ação dos probióticos. Sua ação é possivelmente relacionada à modulação da microbiota intestinal, além da melhora da barreira da mucosa intestinal, impedindo a passagem dos antígenos para a corrente sanguínea. A modulação direta do sistema imunológico pode ser secundária à indução de citocinas antiinflamatórias ou pelo aumento da produção de IgA secretora. A presença de mecanismos imunorreagulatórios (células T regulatórias – Treg -, interleucina 10 – IL-10 -, apoptose, entre outras) auxilia no controle de processos patológicos associados com reatividade excessiva.

Conclusão:

Os probióticos estão mais relacionados com a prevenção do que com o tratamento das doenças alérgicas e os efeitos benéficos estão diretamente relacionados ao tipo da cepa utilizada.

É importante que saibamos quais os microorganismos necessários, quando e como utilizá-los, antes que doenças conseqüentes ao desequilíbrio do sistema imunológico (alergias, doenças autoimunes, doenças inflamatórias intestinais) estejam fora de controle.

Referências Bibliográficas:

1. Lee J, Seto D, Bielory L. Meta-analysis of clinical trials of probiotics for prevention and treatment of pediatric atopic dermatitis. J Allergy Clin Immunol. 2008;121:116-121.

2. Bach JF. The effect of infections on susceptibility to autoimmune and allergic diseases. N Engl J Med. 2002 Sep 19;347(12):911-20.

3. Lara-Villoslada F, Olivares M, Sierra S, Rodríguez JM, Boza J, Xaus J. Beneficial effects of probiotic bacteria isolated from breast milk. Br J Nutr. 2007 Oct;98 Suppl 1:S96-100.

Endereço eletrônico para correspondência: recocco@hotmail.com

Leia também