fbpx


A ansiedade é uma consequência da pandemia?

Postado em 11 de agosto de 2021 | Autor: Roberta Lara

À medida que a pandemia do novo coronavírus se estende no Brasil, as consequências emocionais geradas se intensificam e comprometem significativamente a saúde como um todo. Inúmeros estudos publicados no último ano mostraram a relação entre a pandemia e os distúrbios de depressão e ansiedade despertados na população em geral.

Junto com a ansiedade vem as mudanças na alimentação. Afinal, o desequilíbrio emocional, na maioria das vezes, promove alterações no paladar e induz ao consumo calórico. A ansiedade tem sido associada à obesidade e outros comportamentos de risco à saúde em adultos.

As pesquisas mostram que 94% dos pacientes hospitalizados com Covid-19 tinham pelo menos uma comorbidade associada à obesidade, como diabetes, doença cardiovascular, doença pulmonar crônica, hipertensão e determinados tipos de câncer.

Estudos realizados em animais demonstram que a ingestão de alimentos doces e palatáveis confere alívio do estresse, o que ressalta a importância de uma boa orientação nutricional para evitar o ganho de peso em períodos de estresse, não só gerados pelas incertezas da pandemia, mas no dia a dia.

Dieta mediterrânea e modulação da ansiedade

Um recente estudo de março de 2021 avaliou a qualidade da dieta e a associação com a ansiedade durante a pandemia do Covid-19.

Foi citado que a dieta mediterrânea, caracterizada pela ingestão frequente de azeite, frutas, legumes, grãos integrais, leguminosas, peixes e nozes, e baixo consumo de carnes vermelhas, processadas e açúcares adicionados, está associada à melhora da condição de saúde e aumento do bem-estar, devido à rica composição de fitoquímicos e nutrientes que atuam no sistema nervoso central.

Manter os padrões desse tipo de dieta mais natural é essencial para regularizar muitos desequilíbrios corporais, não apenas associado à saúde mental!

 

Referência bibliográfica:

KAUFMAN-SHRIQUI, V. et al. Dietary changes and anxiety during the coronavirus pandemic: a multinational survey. European Journal of Clinical Nutrition, 2021.

-

Assine nossa newsletter: