fbpx


Quais testes indicam intolerância alimentar?

Postado em 16 de junho de 2022 | Autor: Redação Nutritotal

Conheça os exames relacionados às reações alérgicas

Coceira na pele, garganta fechada e falta de ar. Esses são alguns dos sintomas mais comuns quando se fala em alergia a alimentos. Porém, muita gente acaba confundindo esses sinais com outra condição do organismo: a intolerância alimentar. Mas afinal, qual a diferença entre elas? E quais testes podem indicar uma alergia ou uma intolerância alimentar?

Qual a diferença entre alergia e intolerância alimentar?

Uma alergia é definida como um efeito adverso à saúde que ocorre de maneira imediata por conta de uma resposta imune após a ingestão ou contato com um determinado alimento. Por exemplo, uma pessoa alérgica a amendoim, ao consumir ou, em alguns casos, tocar nesse alimento, pode apresentar sintomas na hora, como coceira e fechamento da garganta.

Já a intolerância alimentar é caracterizada por uma ausência ou deficiência de uma enzima no corpo, que dificulta o processamento de alguns alimentos na digestão. Ela pode ser notada quando, após o consumo de um alimento específico, o indivíduo apresenta sintomas gastrointestinais, como vômito, diarreia, entre outros.

Por exemplo, se uma pessoa é intolerante à lactose, não é o contato com o leite que vai causar reações adversas, mas sim o consumo da lactose presente nesse alimento que poderá causar incômodos no estômago e intestino.

Quais alimentos podem causar alergias?

Alimentos que podem causar alergia alimentar, como leite, ovo e camarão

Imagem: Shutterstock

A lista de alimentos varia, pois não há um alérgeno em comum para todos os casos de alergia. Ainda assim, alguns se destacam devido ao maior número de reações, entre eles:

Quais alimentos podem causar intolerância alimentar?

Já nos casos de intolerância alimentar, é possível citar algumas das principais ocorrências para quem tem essa condição:

  • Alimentos com lactose: para quem tem esse tipo de intolerância, leite de vaca e seus derivados como queijos, iogurtes e manteiga são opções a serem evitadas
  • Alimentos com glúten: aos pacientes intolerantes ao glúten, é melhor evitar fontes de trigo, cevada e centeio como pães e massas.
  • Alimentos com frutose: esse açúcar natural das frutas pode ser encontrado também em alguns cereais e deve ser evitado para quem for diagnosticado com intolerância à frutose.
  • Alimentos com histamina: intolerantes à essa substância devem evitar alimentos em conserva, especialmente embutidos, peixes enlatados e algumas bebidas alcoólicas como o vinho.

Mas quais são os testes de intolerância alimentar?  Pensando em te ajudar a identificar dos sintomas ao diagnóstico, montamos um tira-dúvidas sobre o assunto, baseado em estudos científicos. Confira:

Quais são os testes de intolerância alimentar?

Conheça os três exames mais comuns:

Mesa com frutas, ovos, oleaginosas e peixe servido

Imagem: Shutterstock

Teste sanguíneo

Nesse teste, a sensibilidade alimentar é examinada no sangue extraído, que acaba exposto a vários tipos de alimentos e componentes. A partir disso, é avaliado o grau de ligação do anticorpo da imunoglobulina G (IgG) a cada um dos alimentos.

Os resultados são especificados de acordo com a variação dessa imunoglobulina. É possível identificar até quais alimentos de uma determinada categoria reagem ao teste, como laticínios e derivados de castanhas.

Teste da dieta de eliminação

Esse tipo de teste sugere que o paciente deixe de comer alguns alimentos específicos por um tempo e, durante um teste cego ou sem saber, esses itens sejam consumidos novamente sob análise de um nutricionista.

Os efeitos de sensibilidade e reação são registrados, em especial para quem possui doença celíaca.

Teste citotóxico

Baseado nas células do corpo, o princípio desse teste é feito por meio da retirada de uma amostra de sangue do paciente. Porém, ao invés de reagir com os anticorpos imunes do corpo, como no teste sanguíneo, ele foca nos glóbulos brancos, que podem encolher e mudar do estado sólido para líquido durante a análise laboratorial. Ele é menos utilizado do que os outros dois para a detecção da intolerância.

Que tal conhecer mais curiosidades sobre testes de intolerância alimentar? Siga o Nutritotal – Para Todos no Instagram e confira dicas imperdíveis sobre nutrição!

*Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Neuendorf R. et. Impact of Food Immunoglobulin G-Based Elimination Diet on Subsequent Food Immunoglobulin G and Quality of Life in Overweight/Obese Adults. J Altern Complement Med, 2018.

Rushi S. et al. Prevalence and Severity of Food Allergies Among US Adults. JAMA, 2019.

Abigail L. et al. Exploration of parent-reported food allergy symptoms via breastmilk exposures and likelihood to develop tolerance. Allergy Asthma Clin Immunol, 2021.

-

Assine nossa newsletter: