fbpx

Calcule agora seu peso mínimo e máximo ideal

Postado em 26 de julho de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Medidas podem ajudar a identificar fatores como obesidade, desnutrição e risco de doenças no organismo

Você sabia que a sua altura pode ser um fator importante para a sua saúde? Isso porque por meio dela, é possível calcular dois valores que podem servir de parâmetro na luta contra a obesidade: o peso ideal mínimo e o peso ideal máximo.

De acordo com um estudo feito pela Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), valores como o peso e a altura fazem parte da antropometria, método que estuda as medidas do corpo humano.

É a antropometria também que utiliza, além da altura e do peso, as medidas da circunferência de cintura e da circunferência de quadril para o diagnóstico do estado nutricional de cada pessoa. Com isso, fatores como a desnutrição, o excesso de peso e a obesidade, além da avaliação dos riscos para algumas doenças como o diabetes mellitus, doenças cardiovasculares e a hipertensão arterial, podem ser notados.

Por esse motivo, é importante saber qual é o seu peso ideal mínimo e máximo, assim um profissional de saúde qualificado poderá orientá-lo caso o valor atual esteja acima ou abaixo da medida necessária para manter o corpo saudável.

Faça o cálculo do seu peso ideal mínimo e máximo

Uma pessoa em cima de uma balança

Calcule o seu peso ideal mínimo e máximo | Imagem: Shutterstock

Calcule a seguir esses dois dados. Vale lembrar que o resultado será de acordo com a classificação “normal” do índice de massa corpórea (IMC) preconizada pela Organização Mundial da Saúde: entre 18,5 e 24,9 kg/m².

Peso Mínimo

alterar para: Insira sua altura em metros (Exemplo.: 1,60m)

Digite a Altura:

 

Peso Máximo

Insira sua altura em metros (Exemplo.: 1,60m)

Resultado de acordo com a classificação “normal” do índice de massa corpórea (IMC) preconizada pela Organização Mundial de Saúde: de 18,5 a 24,9 kg/m2.

 

Digite a Altura:

 

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Araújo G. Antropometria. Associação Brasileira de Nutrologia, 2015.

 

Leia também