fbpx


As bebidas sem álcool que deixam o fígado gorduroso

Postado em 8 de julho de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

Saiba o que é melhor eliminar do cardápio

A gordura no fígado é um problema de saúde que pode causar fadiga, perda de apetite e até dores abdominais. E algumas das causas desse acúmulo de gorduras são velhos conhecidos, como a má alimentação e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Porém, cientistas descobriram que até bebidas sem álcool podem afetar o fígado e predispor o órgão a doenças.

Mas como isso seria possível? Para entender essa relação, um estudo publicado no periódico Clinical Nutrition comparou alguns grupos de bebidas consumidas com frequência pela população para entender como elas agiam no avanço e prevenção da gordura no fígado.

Entre os líquidos analisados, estavam bebidas adoçadas com açúcar como refrigerantes e sucos, e as quentes como chá e café. A seguir, veja os resultados.

Mulher tomando bebida em copo de plástico

Imagem: Freepik

Bebidas sem álcool x gordura no fígado

Como resultado, os pesquisadores identificaram que a ingestão de bebidas ricas em açúcar demonstrou um aumento na carga metabólica. Conclusão: elas também acabam sendo responsáveis pelo aumento do risco de gordura no fígado (doenças hepáticas gordurosas não alcoólicas). Isso acontece porque, quando está em excesso, o açúcar precisa ser armazenado e o fígado acaba “transformando” esse açúcar em gordura para facilitar esse armazenamento.

E se você é fã de um cafezinho, pode respirar aliviado. Tanto o café quanto o chá têm efeito inverso ao das bebidas açucaradas: eles diminuem o risco desses problemas no fígado sem efeitos adversos significativos, segundo o estudo. Mas um lembrete importante: as bebidas que conquistaram esses resultados não tiveram adição de açúcar, mel ou qualquer tipo de adoçante.

Gostou da notícia mas ainda precisa de mais um incentivo pra deixar o açúcar de lado? A gente te dá: o consumo excessivo de bebidas açucaradas, como os refrigerantes, também aumentam o risco de diabetes. Para reduzir no refri, que tal aprender a fazer um suco natural refrescante? A gente te ensina neste post. Ideias não faltam para uma alimentação mais leve (veja mais aqui) e a sua saúde só tem a ganhar!

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Jyoti C. et al. Beverages and Non-alcoholic fatty liver disease (NAFLD): Think before you drink. Clinical Nutrition, 2021.

Philipp G. et al. Consumption of added sugar doubles fat production. University of Zurich, 2021.

-

Assine nossa newsletter: