fbpx


4 cuidados na alimentação de quem tem pancreatite

Postado em 3 de julho de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Veja quais alimentos devem ser evitados para não agravarem as crises inflamatórias

O que a princípio pode soar como uma dor de estômago ou na barriga de uma hora para outra, em alguns casos, pode ser um problema em outro órgão pouco falado do corpo humano: o pâncreas.

Responsável por ajudar na digestão, por liberar enzimas e auxiliar na regulação do açúcar no sangue, esse órgão pode sofrer com inflamações e inchaços, resultando em um problema conhecido como pancreatite. E segundo um estudo de revisão publicado no periódico Digestive Diseases and Sciences, caso haja a presença de cálculos biliares, essa inflamação pode ser aguda.

Por isso, é preciso ter cautela para prevenir o inchaço do pâncreas, e uma das formas de lidar com isso é por meio da alimentação. Confira a seguir alguns cuidados importantes para diminuir o risco das crises de pancreatite aguda:

Dicas de alimentação contra pancreatite

Veja o que os estudos científicos têm apontado sobre o tema.

Mulher idosa sentada na cama com as mãos na barriga, sinalizando desconforto.

A pancreatite pode provocar dores na barriga | Imagem: Shutterstock

Consuma carne com moderação

Um artigo de revisão do Saudi Journal of Gastroenterology apontou que o consumo de dietas ricas em proteínas e gorduras pode estar associado ao surgimento de cálculos biliares e, por consequência, pode desencadear crises de pancreatite aguda.

Leia também: Comer carne todo dia faz mal?

Tome cuidado com o leite de vaca e derivados

Apesar de ainda faltarem evidências científicas de como a alimentação pode acometer a pancreatite, o estudo do Digestive Diseases and Sciences mostra que muitos alimentos ricos em alérgenos podem estar relacionados ao problema. É o caso do leite de vaca e de seus derivados como queijo e manteiga. Mas para identificar a intolerância ou alergia à proteína do leite, procure um nutricionista e faça os exames indicados.

Ingira frutas e legumes diariamente

De acordo com a diretriz nutricional para pancreatite crônica da Stanford University, é importante consumir diariamente fontes alimentares de frutas, legumes, vegetais e grãos integrais para quem quer evitar o risco de pancreatite.

Consuma leguminosas e feijões

Também segundo a diretriz da Stanford University, o consumo de feijões, lentilha, entre outras leguminosas, pode ajudar pacientes que têm diabetes e sofrem com pancreatite, além de serem fontes de proteína para substituir o consumo exagerado de carnes.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Murli M. et al. Food-induced acute pancreatitis. Digestive Diseases and Sciences, 2017.

Tudor T. et al. Systematic Review of Diet in the Pathogenesis of Acute Pancreatitis: A Tale of Too Much or Too Little? Saudi Journal of Gastroenterology, 2012.

Nutrition Guidelines for Chronic Pancreatitis Patient Education. Stanford University, 2012.

-

Assine nossa newsletter: