4 dicas para manter o peso perdido após a dieta de emagrecimento

Postado em 2 de maio de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Confira algumas estratégias que podem ajudar a evitar o efeito sanfona depois da perda de medidas

A luta para emagrecer pode ser árdua, mas ainda mais intenso é o desafio de manter o peso que foi eliminado. O temido efeito sanfona pode aparecer quando menos se espera, e controlar o peso nessas horas é essencial para quem busca uma vida mais saudável e equilibrada.

A nutricionista Cristiane Verotti afirma que o efeito sanfona costuma ocorrer em quem não segue realmente a mudança no estilo de vida ou não adere aos novos hábitos a partir da dieta de emagrecimento. “Ao não levar em conta esses fatores, o peso perdido rapidamente será recuperado. Entre as mudanças de hábitos mais eficientes estão a prática regular de atividade física e a adoção de uma dieta saudável”, destaca.

Além disso, um estudo feito pela Revista Internacional de Nutrição Comportamental e Atividade Física sugere que intervenções nutricionais são necessárias para produzir mudanças na dieta de longo prazo e isso também ajudaria a identificar comportamentos específicos associados ao ganho de peso em adultos jovens.

Para tentar evitar o efeito sanfona, siga as dicas a seguir.

Como manter o peso

A principal dica é não deixar o bom senso de lado e manter as refeições equilibradas

Pés e fita métrica em cima de uma balança de chão

Para muita gente o grande desafio não é emagrecer, mas manter-se no peso pós-dieta | Imagem: Shutterstock

Abandone os antigos hábitos alimentares

Cristiane Verotti recomenda a consulta a um profissional de nutrição, que poderá ajudar a montar um cardápio sob medida após os resultados atingidos pelo emagrecimento. Afinal, de nada adianta voltar ao peso anterior depois de tanto esforço.

Esqueça as “fugas alimentares” no dia a dia

A nutricionista cita como exemplo o chamado “dia do lixo”. Para ela, isso não existe, de usar um dia inteiro para comer as “porcarias” que evitou durante semana inteira. “Não existe segredo nem fórmula mágica: para manter o peso é preciso seguir uma dieta adequada e equilibrada”, ressalta.

Saia do sedentarismo

O recomendado, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é praticar 150 minutos de exercícios físicos moderados por semana, seguindo também as orientações de um profissional de saúde. Isso pode parecer muito, mas pense que você pode dividir o tempo em 20 minutos por dia, o que poder ser muito mais alcançável como meta.

Não siga dietas milagrosas

Para evitar o efeito sanfona, o mais desejável é emagrecer de forma gradativa e equilibrada, portanto, deve-se evitar dietas que não possam ser sustentadas a longo prazo. “Quando acontece com frequência, o efeito sanfona interfere no metabolismo podendo deixá-lo mais lento. Além disso, a perda de peso rápida muito provavelmente também foi acompanhada de uma notável perda de massa muscular. Seguir dietas de rápido efeito podem não ajudar nesse sentido”, salienta.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Cristiane Verotti é nutricionista especializada em nutrição clínica e esportiva. Mestre pelo departamento de gastroenterologia da FMUSP. Membro titular da BRASPEN.

LaRose J. et ai. Dietary outcomes within the study of novel approaches to weight gain prevention (SNAP) randomized controlled trial. International Journal of Behavioral Nutrition and Physical Activity, 2019.

P M Lourenço et ai. Long-term weight loss after diet and exercise: a systematic review. International Journal of Obesity, 2005.

Leia também