fbpx


Aprenda a preparar deliciosos legumes no papelote

Postado em 30 de julho de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Consumir esses alimentos diariamente pode ajudar a evitar doenças cardíacas

Comer a quantidade certa de legumes por dia pode parecer complicado à primeira vista, tanto para crianças quanto adultos. Mas o segredo para aumentar a ingestão pode estar na hora de preparar esse tipo de alimento, e uma sugestão que pode render boas refeições é a de legumes no papelote.

Para aumentar o sabor da receita, o segredo é temperar bem. Pode-se utilizar um bom azeite, condimentos e ervas para regar tudo e potencializar o aroma.

“Costumo usar bastante salsinha, orégano e manjericão, frescos ou desidratados, pimenta-do-reino ou páprica picante. Misturar cebola e acrescentar um dente de alho também aumenta o sabor”, sugere a nutricionista Natália Lopes.

Consumo necessário

De acordo com estudos divulgados no periódico British Medical Journal, um maior consumo de legumes pode estar associado a um menor risco de mortalidade por doenças cardiovasculares e até câncer.

Por esse motivo, para incentivar o consumo de legumes no seu dia a dia, a nutricionista Beatriz Valverde ensina a seguir uma receita de papelote de legumes com bastante sabor, confira:

Imagem de legumes no papelote

Receita de legumes no papelote  | Imagem: Shutterstock

Legumes no papelote
Rendimento: 2 porções
Tempo de preparo: 35 minutos

Ingredientes
1 cenoura
1 berinjela
1 abobrinha
1 tomate
1 col. (sopa) de salsinha
1 col. (sopa) de manjericão em pó
Azeite de oliva
Sal e pimenta-do-reino a gosto

 

Modo de preparo

  • Abra uma folha de papel alumínio e coloque seus legumes cortados. Se preferir, você pode preparar a receita em uma assadeira e cobrir com o papel.
  • Coloque em seguida as ervas e temperos de sua preferência e regue com azeite.
  • Feche o papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 200 °C por 30 minutos.

Dica: você pode trocar os legumes e ervas para sabores que você goste mais. Outras sugestões incluem abóbora, beterraba, cogumelo, pimentão, batata-doce, inhame e temperos como alecrim, tomilho, coentro e cominho.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Beatriz Valverde é nutricionista clínica, pós-graduanda de Nutrição Esportiva Funcional. Possui certificação em gastronomia pela Le Cordon Bleu (Paris). Amante de nutrição comportamental e mindful eating, tem dois artigos publicados e reconhecidos internacionalmente sobre esses temas.

Natália Lopes é nutricionista e tutora do Ganep Educação.

Wang X, Ouyang Y, Liu J, Zhu M, Zhao G, Bao W, Hu FB. Fruit and vegetable consumption and mortality from all causes, cardiovascular disease, and cancer: systematic review and dose-response meta-analysis of prospective cohort studies. BMJ. 2014

Assine nossa newsletter: