fbpx


Tem coragem de provar um bolo de feijão? Veja a receita

Postado em 19 de janeiro de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

Use sua criatividade e prepare sobremesas à base da leguminosa

Ao escolhermos uma sobremesa, sabores como chocolate, baunilha e morango estão entre as opções mais famosas. Mas e quanto ao feijão, já imaginou um doce com esse ingrediente? Acredite, essa alternativa é mais comum ao redor do mundo do que estranha.

No Japão, por exemplo, não é difícil encontrar chocolates, tortas e outros doces com uma variação chamada feijão azuki. Uma outra iguaria oriental que leva a leguminosa na receita é a dorayaki, uma panqueca dourada com pasta de feijão.

E por que não tentar incluir o ingrediente em sobremesas brasileiras? A nossa sugestão é o bolo de feijão! Vamos aprender?

Bolo de feijão

A receita é das nutricionistas Jacira dos Santos e Nóris Borba dos Reis, da Associação Brasileira de Nutrição, e foi publicada no livro digital Receitas Práticas e Saudáveis, feito pela instituição:

Massa de bolo de feijão

Imagem: Freepik

Tempo de preparo: 40 a 45 minutos
Rendimento: 8 pedaços

Ingredientes:

  • 4 ovos
  • 2 xíc. (chá) de açúcar
  • 1 ½ xíc. (chá) de farinha de trigo integral
  • 1 xíc. (chá) de óleo
  • 1 xíc. (chá) de feijão cozido sem sal batido no liquidificador
  • 1 col. (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo:

  1. Bata as claras em neve, de preferência em uma batedeira.
  2. Sem parar de bater, despeje as gemas.
  3. Acrescente o açúcar e a farinha aos poucos, depois o óleo e, por último, ainda com a batedeira ligada, o feijão.
  4. Quando a mistura estiver homogênea, desligue a batedeira e acrescente o fermento. Mexa bem com uma colher.
  5. Coloque a massa em uma forma untada e polvilhada com farinha.
  6. Leve ao forno preaquecido a uma temperatura de 200 ºC.
  7. O bolo ficará pronto entre 40 e 45 minutos.

Feijão maravilha

Segundo um estudo publicado pela American Diabetes Association, dentre os nutrientes do feijão para a saúde, é possível encontrar fibras, proteínas, carboidratos, vitaminas B, ferro, cobre, magnésio, manganês, zinco e fósforo.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Receitas práticas e saudáveis. Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN), 2020.

Rani P. et al. Legumes: Health Benefits and Culinary Approaches to Increase Intake. American Diabetes Association, 2015.

-

Assine nossa newsletter: