fbpx

Descubra seu índice de massa corpórea (IMC)

Postado em 27 de fevereiro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Ao calcular se o seu peso está adequado para a sua altura, o chamado IMC é um alerta para a prevenção de doenças

Você provavelmente já conheceu alguma pessoa que come um pouco de tudo, mas que não engorda. Ou então o contrário: consome pouca comida, e mesmo assim, não emagrece. Quem sabe ainda uma pessoa obesa que é saudável ou uma magra com altos índices de colesterol. O metabolismo de cada um desses casos varia, mas é possível saber se alguém está em condições nutricionais propícias para evitar riscos da saúde. É o chamado Índice de Massa Corpórea (IMC).

O IMC (ou BMI, do inglês body mass index) é uma classificação adotada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para avaliar o estado nutricional de um indivíduo, e por meio dele é possível identificar situações de risco para a saúde. Esse índice serve para verificar se o peso de um indivíduo está adequado para sua altura. Para calculá-lo, deve-se dividir o valor do peso em quilogramas pelo valor da altura em metros quadrados (expresso em kg/m²).

Calculando o IMC

Saber o IMC é fundamental para avaliar possíveis riscos de saúde e dar início a um tratamento nutricional adequado.

Pessoa em cima da balança segurando fita métrica com as mãos

IMC é o Índice de Massa Corpórea | Imagem: Shutterstock

Para saber o seu Índice de Massa Corpórea, basta colocar suas informações nessa calculadora a seguir:

 

Digite a altura em metros (Ex.: 1.56 m):

Digite o peso atual em quilos (Ex.: 65.5 kg) :

 

Resultado:

Classificação IMC (kg/m²)
Baixo-peso < 18,5
Normal 18,5 – 24,99
Sobrepeso ≥ 25
Obesidade ≥ 30

Fonte: http://apps.who.int/bmi/index.jsp

Por que é importante saber o IMC?

Um estudo publicado em 2018 apontou que o IMC que apresente valores acima do especulado para a média populacional pode ser um indício de aumento da mortalidade por causas mentais, comportamentais, neurológicas e externas. Por isso, quem tiver ultrapassado a média é fundamental que adote cuidados imediatos e faça um acompanhamento com um profissional da área de nutrição.

Outro alerta para o IMC está relacionado ao aumento de peso com o decorrer da idade. O mesmo estudo apontou que a maioria das pessoas ganhará peso ao longo da meia-idade, o que está associado ao aumento do risco subsequente de doenças crônicas e mortalidade.

Muitos indivíduos com um índice de massa corpórea na faixa de sobrepeso, por exemplo, já estão em uma trajetória de ganhar mais peso que irá colocá-los na faixa de IMC da obesidade. Portanto, embora a mortalidade associada ao sobrepeso seja relativamente menor do que os que estão obesos, é importante que quem esteja com esse excesso evite ganho de peso adicional conforme envelhece.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Tobias K Deirdre e Hu B Frank. A associação entre IMC e mortalidade: implicações para a prevenção da obesidade. The Lancet. 2018.

 

Leia também