fbpx

As novas formas de prevenção da obesidade infantil

Postado em 7 de setembro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

O crescimento das crianças deve ser acompanhado de maneira constante, segundo os pesquisadores

Médica medindo cintura de menino com fita métrica

É preciso acompanhar sempre o ganho de peso das crianças | Imagem: Shutterstock

Quem é mãe ou pai sabe que a alegria de ter um filho é inexplicável. A partir do dia do nascimento, a vida muda por completo e os pais vão sempre querer o melhor para a criança. Mas esse cuidado deve incluir também a saúde do pequeno, fazendo com que ele coma bem e seja ativo para a prevenção de doenças como a obesidade infantil.

Um estudo que acaba de ser divulgado no periódico Nature Reviews apontou novas formas de evitar que as crianças fiquem acima do peso. De acordo com os pesquisadores, o exemplo deve começar com os próprios pais.

O estilo de vida materno durante a gravidez, bem como a nutrição precoce e o ambiente em que são criados os bebês, podem ser considerados fatores relevantes para a prevenção da obesidade infantil.

Por isso, é importante levar em conta que a nutrição materna saudável desde a concepção pode ser essencial para evitar problemas de saúde a longo prazo entre as crianças.

Veja também: 5 formas de deixar as refeições das crianças mais saudáveis

Acompanhamento constante para prevenção da obesidade infantil

Além da dieta da mãe, outro fator necessário, segundo o estudo, é o monitoramento cuidadoso do crescimento infantil, para que os pais possam detectar o ganho de peso excessivo precocemente.

Para isso, é importante consultar com frequência o pediatra ou outro profissional de saúde, que possa orientar de forma correta às famílias para combater a obesidade precoce em crianças. Vale também lembrar que somente o profissional de nutrição pode prescrever um plano alimentar individualizado.

Por fim, o estudo ressalta ainda que alguns hábitos podem ser evitados pelos pais na alimentação e na rotina de sono dos filhos. Em crianças, o consumo elevado de fórmulas infantis ricas em proteínas, de bebidas açucaradas e um tempo de sono curto estão associados ao aumento de peso durante os primeiros 2 anos de vida.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Larqué E. et al. From conception to infancy — early risk factors for childhood obesity. Nature Reviews, 2019.

 

Leia também