fbpx


Prepare uma receita sem glúten para o seu café da manhã

Postado em 29 de outubro de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Opção vegetariana pode ser feita também no jantar

O glúten é um conjunto de proteínas presente em itens comuns do café da manhã dos brasileiros, como pães, torradas, cereais, biscoitos e bolos. O problema é que para algumas pessoas seu consumo pode causar intolerâncias e outros sintomas como disfunção intestinal. Mas mesmo nesses casos, começar o dia com um café da manhã sem glúten, e ainda por cima saboroso e nutritivo, é possível!

Para começar, vale se atentar aos rótulos e embalagens de produtos. Dependendo do alimento, existem versões livres de glúten que podem ser consumidas por portadores da doença celíaca ou de sensibilidade à proteína. E há também opções para preparar em casa. Quer aprender uma? Então confira a seguir o passo a passo de um café da manhã sem glúten ensinado pela nutricionista Telma Domiciano:

Café da manhã sem glúten: omelete colorido

Preparo prático para começar o dia com bastante energia.

Omelete

Ótima fonte de proteínas, os ovos podem compor um café da manhã saudável | Imagem: Freepik

Rendimento: 1 omelete
Tempo de preparo: 15 min.

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 1 col. (sopa) de tomate picado
  • 1 col. (sopa) de pimentão verde picado
  • 1 col. (sopa) de cebola picada
  • 1 col. (sopa) de cheiro-verde (ou salsinha) picado
  • 1 pitada de pimenta-branca
  • Sal a gosto
  • 1 col. (sopa) de farinha de mandioca ou de milho
  • 1 col. (sopa) rasa de azeite
  • 30 g de queijo muçarela ralado

Modo de preparo:

  1. Bata os ovos em uma batedeira por 3 minutos.
  2. Depois acrescente o tomate, o pimentão, a cebola e o cheiro-verde e mexa bem.
  3. Adicione a pimenta-branca, o sal e, por último, a farinha. Misture tudo e reserve.
  4. Em uma frigideira antiaderente de tamanho médio, coloque o azeite, aqueça e depois coloque a massa na frigideira.
  5. Coloque por cima o queijo muçarela ralado.
  6. Depois de assar a parte de baixo, vire o omelete com uma espátula e deixe dourar.

Dica: a farinha de mandioca pode ser substituída por flocos de milho.  Essas farinhas não contêm glúten e conferem um efeito crocante à omelete. Mas fique de olho nas embalagens, pois algumas são processadas em locais em que há a presença da proteína.

Benefícios

Além dos celíacos, evitar o consumo de glúten pode contribuir com a saúde de outros pacientes. Um estudo publicado pelo periódico Gastroenterology and Hepatology, por exemplo, apontou que evitar a substância pode ser benéfico também para alguns pacientes com sintomas gastrointestinais, como aqueles comumente encontrados na síndrome do intestino irritável.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Telma da Rocha Domiciano é nutricionista formada pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Especialista em Saúde Pública pela Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp/SP) e em Naturologia pela Estratego (PB), é também autora do livro Culinária social – 100 receitas nordestinas para hospitais, indústrias e escolas@nutri_telmadomiciano

Benjamin N. et al. Health Benefits and Adverse Effects of a Gluten-Free Diet in Non–Celiac Disease Patients. Gastroenterology and Hepatology, 2018.

-

Assine nossa newsletter: