fbpx


Ceia mais saudável: prepare uma rabanada sem leite condensado

Postado em 15 de dezembro de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Sobremesa mais leve e na versão assada irá agradar toda a família

Envolta em lendas a respeito de sua origem, a rabanada, também chamada em alguns locais do Brasil como fatia dourada, é uma sobremesa típica natalina e que completa os banquetes festivos com sua doçura e sabor. À base de pão, leite e especiarias, a receita convencional costuma ser frita e rica em açúcares. Mas isso não quer dizer que não existem adaptações simples para deixar o prato mais saudável, sem perder o gosto e a aparência típica. Para uma versão mais leve, que tal aprender uma rabanada sem leite condensado?

Confira a seguir o passo a passo ensinado pela nutricionista Roberta Lara:

Rabanada sem leite condensado

Agregue um toque especial à sua ceia sem perder o cuidado com a saúde.

Rabanada sem leite condensado no prato com açúcar polvilhado por cima

Polvilhe açúcar de coco na rabanada para uma versão mais leve do prato | Imagem: Freepik

Rendimento: 10 porções
Tempo de preparo: 30 min.

Ingredientes:

  • 1 xíc. (chá) de leite desnatado
  • 3 col. (sopa) de leite de coco
  • 2 ovos
  • 3 col. (sopa) de água
  • 3 col. (sopa) de açúcar mascavo ou demerara
  • 1 pau de canela
  • 1 col. (chá) de essência de baunilha (opcional)
  • 10 fatias de pão integral ou sem glúten
  • 1 col. (sopa) de azeite de oliva
  • Canela em pó e açúcar de coco para polvilhar

Modo de preparo:

  1. Coloque o leite, o leite de coco, os ovos, a água, o açúcar, o pau de canela e a baunilha em uma panela, e leve ao fogo médio.
  2. Mexa até dissolver o açúcar e retire.
  3. Corte os pães em rodelas e passe no creme.
  4. Disponha em uma assadeira untada com o azeite os pães já com o creme.
  5. Asse em forno preaquecido a 180 ºC até ficar crocante.
  6. Polvilhe a canela e o açúcar de coco.

Ingrediente versátil

Responsável pelo gostinho especial da rabanada, a canela é uma especiaria rica em nutrientes para a saúde. Um estudo de revisão publicado pelo periódico Pharmacognosy Research apontou que, dentre os potenciais benefícios do alimento, é possível citar sua atividade antimicrobiana, antioxidante e anti-inflamatória.

Além disso, a canela tem sido estudada quanto a seu efeito preventivo em doenças do coração e no combate ao excesso de gorduras. Outro benefício pode estar na relação entre a especiaria e o controle de diabetes, saiba mais clicando aqui.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Roberta Lara é proprietária e responsável técnica do Instituto de Nutrição Roberta Lara. Mestre e doutora em Investigação Biomédica, na área de Concentração Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP). Pesquisadora colaboradora do Laboratório de Genômica Nutricional (LABGEN) da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Membro do Núcleo de Nutrição e Saúde Cardiovascular do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Membro do Comitê Científico Consultor Institucional Life Sciences Institute (ILSI). Também é colunista do Nutritotal Público Geral. Instagram: @robertasoareslara Facebook: Instituto de Nutrição Roberta Lara.

Pallavi K. et al. Cinnamon: Mystic powers of a minute ingredient. Pharmacognosy Res. 2015.

-

Assine nossa newsletter: