fbpx


Metabolômica: conheça a nutrição personalizada que pode melhorar seu comportamento alimentar

Postado em 13 de março de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

Veja como o método nutricional pode identificar hábitos da dieta

Durante a consulta com o nutricionista, é comum acabarmos esquecendo de falar algum alimento que comemos nos últimos dias, a fim de montar um plano alimentar saudável. Para evitar essa situação, a ciência estuda artifícios que possam ajudar o nosso corpo a identificar os padrões de alimentação que seguimos sem perceber, por meio de uma nutrição personalizada. Chamado de investigação metabolômica, esse método rastreia por meio de exames de urina e de sangue as moléculas derivadas dos alimentos que comemos. Com ele, é possível localizar hábitos alimentares, nutrientes que podem estar em falta, indícios de compulsões como obesidade e anorexia, entre outros.

Mulher no consultório sentada olhando para nutricionista que, em pé, segura alimentos nas mãos

Imagem: Freepik

Para chegarem no método metabolômico, um estudo conduzido no Imperial College London selecionou pessoas que ficaram voluntariamente trancadas em uma clínica por três dias seguidos, onde estavam proibidas de fazer exercícios e tiveram de seguir diferentes e rigorosas dietas.

Metabolômica

Os cientistas coletaram a urina produzida pelos voluntários nos períodos de manhã, tarde e noite, para que a partir desses dados, fosse possível entender como os hábitos alimentares influenciavam nas substâncias excretadas pela urina.

Como conclusão, os pesquisadores apontaram que um teste metabolômico pode servir como indicador do que se consome na dieta e serve para ajudar a lidar com comportamentos alimentares.

Porém, ainda são necessários mais estudos para determinar de que forma a personalização de dietas pode melhorar a saúde das pessoas, em especial em pacientes com alergias ou necessidades nutricionais específicas.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Dance A. Nutrition Researchers Can Determine What You’ve Been Eating. The Scientist, 2020.

Assine nossa newsletter: