A receita de gengibre em conserva que pode te ajudar a emagrecer

Postado em 23 de julho de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

A raiz termogênica é repleta de benefícios para a sua saúde. Confira os principais

Tradicional na culinária asiática, o gengibre (Zingiber officinale) é uma raiz com sabor forte e efeitos termogênicos, usada no preparo de caldos e sopas, ou como tempero para carnes e saladas.

Nos últimos anos, seu uso esteve associado à busca pelo emagrecimento, já que há estudos que comprovam certas propriedades benéficas do alimento que poderiam combater a obesidade. O gengibre, de acordo com pesquisa divulgada no Annals of the New York Academy of Sciences, também pode ser capaz de ajudar na prevenção e tratamento de síndromes metabólicas como o diabetes mellitus e doenças cardiovasculares.

Já outro levantamento feito em camundongos pela Universidade Agrícola da China destacou que o uso do gengibre resultou em reduções no peso corporal dos animais, nas inflamações do organismo e promoveu uma melhora da resistência à insulina. Claro, ainda são necessários mais estudos em humanos para confirmar os benefícios.

Como fazer gengibre em conserva

Uma das formas de aproveitar essa raiz na alimentação diária é por meio de conservas, que são fáceis de fazer e combinam tanto com pratos salgados quanto doces. A nutricionista Beatriz Valverde ensina a seguir como você pode preparar a sua em casa.

Imagem de gengibre natural e em conserva

Gengibre em conserva | Imagem: Shutterstock

Gengibre em conserva
Rendimento: 10 porções
Tempo de preparo: 30 min. (mais dois dias de geladeira)
Duração: 30 dias sob refrigeração

Ingredientes
400 g de gengibre in natura
1 col. (chá) de açúcar demerara
1 xíc. (chá) de vinagre de maçã
2 col. (chá) de sal marinho

Modo de preparo

  1. Corte o gengibre sem casca em fatias finas (uma dica é fazer o corte na diagonal para facilitar).
  2. Cozinhe ele em água até ferver.
  3. Retire a água da cocção.
  4. Misture o sal e o açúcar em fogo bem baixo e em seguida adicione o vinagre.
  5. Deixe cozinhar e desligue quando levantar fervura.
  6. Deixe descansando na geladeira por 2 dias. Após esse período, é só consumir.
  7. Como forma de armazenamento, a sugestão é que deixe em recipiente de vidro, com tampa, lavado e esterilizado em água fervente, preferencialmente.

Dica: você pode variar no tipo de vinagre escolhido. Se optar pelo de vinho tinto a compota ficará em um tom mais rosado.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Beatriz Valverde é nutricionista clínica e pós-graduanda em nutrição esportiva funcional. Possui certificação em gastronomia pela Le Cordon Bleu (Paris). Amante de nutrição comportamental e mindful eating, tem dois artigos publicados e reconhecidos internacionalmente sobre esses temas.

Chen F. et al. Beneficial effects of ginger Zingiber officinale Roscoe on obesity and metabolic syndrome: a review. Annals of the New York Academy of Science. Pages: 83-98, May 2017.

Wang J. et al. Beneficial effects of ginger on prevention of obesity through modulation of gut microbiota in mice. Universidade Agrícola da China, 2017.

 

Leia também



Assine nossa newsletter: