fbpx


Atenção: um conservante usado em alimentos industrializados pode elevar a glicemia

Postado em 14 de setembro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Saiba como um sal usado para evitar a proliferação de fungos pode afetar os níveis de insulina no organismo

Pão de fôrma fatiado sobre mesa, em embalagem de plástico sobre saco de juta e ramos de trigo ao lado

Um conservante utilizado em alguns alimentos industrializados pode afetar o metabolismo e o estado inflamatório dos pacientes | Imagem: Shutterstock

A fermentação natural é uma técnica que permite o consumo de diferentes alimentos na nossa dieta, desde conservas e geleias até pães e iogurtes. Mas a indústria alimentícia utiliza outros conservantes durante o processo desses grupos alimentares, que, segundo um estudo recente, podem provocar um risco eminente para a população, principalmente para quem tem diabetes.

O estudo divulgado pela Science Translation Medicine apontou que a presença de uma substância chamada propionato pode afetar o metabolismo e o estado inflamatório dos pacientes.

O propionato é uma espécie de sal que pode ser misturado com outros nutrientes como o cálcio e o sódio. Ele costuma ser utilizado como conservante de alimentos para evitar que fungos e bactérias se proliferem.

Conservante em alimentos industrializados afeta a insulina

Segundo o estudo, o conservante, quando ingerido em altas quantidades, pode prejudicar a produção de elementos chamados glucagon e FABP4, que são essenciais para a ação da insulina no organismo, e assim, por consequência, pode aumentar o risco de resistência à insulina e diabetes mellitus.

A pesquisa foi testada tanto em camundongos quanto em humanos. Em ambos, a ingestão do propionato resultou em um elevado índice glicêmico e no aumento da resistência à insulina, além de provocar outras anormalidades no metabolismo.

Por isso, é importante ler os rótulos antes de se comprar um produto nos supermercados e verificar o nome dos conservantes usados. Outra dica importante é consultar periodicamente o seu nutricionista para saber o que é recomendado e o que precisa ser evitado no seu plano alimentar.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Tirosh A. et al. The short-chain fatty acid propionate increases glucagon and FABP4 production, impairing insulin action in mice and humans. Science Translation Medicine, 2019.

-

Assine nossa newsletter: