fbpx


4 alimentos que reduzem a gordura marrom no corpo

Postado em 29 de abril de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

Eles são aliados da perda de peso

Presente em nosso organismo desde o momento em que nascemos, a gordura marrom, ou tecido adiposo marrom (TAM), pode ajudar na produção de calor e na queima de gorduras, podendo ser induzida por um processo conhecido como termogênese. E você sabia que existem alimentos que podem influenciar nesse processo? Ao estimularem o funcionamento do tecido, eles permitem que a perda de peso seja mais eficaz. Listamos quais são eles a seguir, com base em estudos científicos:

Alimentos que reduzem a gordura marrom

Mesa com alimentos que reduzem a gordura marrom, como café e gengibre

Imagem: Freepik

Café

Uma boa xícara de café, como o nome sugere, é rica em cafeína. E essa substância pode ser uma aliada no processo de termogênese induzido pelo tecido adiposo marrom, ativando-o para a queima de gordura. Mas vá com calma, pois o consumo deve ser feito em doses moderadas.

Uvas

A fruta proveniente das videiras é outra capaz de influenciar na termogênese do TAM. O motivo está em um componente presente nas uvas e no vinho tinto chamado resveratrol, que atua como antioxidante no organismo.

Pimenta vermelha

Aos fãs de comida picante, aqui está uma boa notícia: pimentas vermelhas como a malagueta são ricas em capsaicina, um componente que pode atuar diretamente na ativação do tecido adiposo marrom, colaborando com o emagrecimento.

Gengibre

O gengibre é um rizoma usado em pratos da culinária oriental e chás. É fonte de gingerol, componente que ao ser absorvido por meio da dieta, pode auxiliar na regulação das gorduras, incluindo a marrom. Uma dica é usar o alimento no preparo de sopas.

E aqui no Nutritotal Para Todos, você pode conferir outros textos a respeito desse curioso tecido adiposo, como uma coluna explicando como ele age até um teste diferenciando a gordura branca e a marrom.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Tobias B. et al. Brown adipose tissue is associated with cardiometabolic health. Nature Medicine, 2021.

Ksenija V. et al. Caffeine exposure induces browning features in adipose tissue in vitro and in vivo. Scientific Reports, 2019.

Suocheng H. et al. Resveratrol enhances brown adipose tissue activity and white adipose tissue browning in part by regulating bile acid metabolism via gut microbiota remodeling. International Journal of Obesity, 2020.

Padmamalini B. et al. Capsaicin induces browning of white adipose tissue and counters obesity by activating TRPV1 channel‐dependent mechanisms. Br J Pharmacol. 2016.

Jing W. et al. 6-Gingerol, a Functional Polyphenol of Ginger, Promotes Browning through an AMPK-Dependent Pathway in 3T3-L1 Adipocytes. J. Agric. Food Chem. 2019.

-

Assine nossa newsletter: