fbpx


Quarentena saudável com crianças: veja como fazer bolinho de chuva com banana

Postado em 28 de abril de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Receita de família pode ser uma forma de passar mais tempo com os pequenos

Uma receita que remete à família entre os brasileiros, e que leva muita doçura e afeto, é o bolinho de chuva. Criada em meados do século XX, essa massinha polvilhada com açúcar e canela, até hoje, é a alegria da criançada em dias chuvosos ou que não é possível brincar ao ar livre. E, assim como sempre mostramos nas receitas do Nutritotal, é possível criar uma versão mais saudável do quitute. Neste post você vai aprender como fazer bolinho de chuva com banana.

Quem ensina o passo a passo é a nutricionista Roberta Lara, e a criançada pode preparar essa delícia com os pais. Use sua criatividade e varie nos recheios que mais gostar, aproveitando esse tempo para fortalecer os laços familiares:

Como fazer bolinho de chuva com banana

Todo mundo de casa vai adorar!

Cesta de palha cheia de bolinhos de chuva

Vamos combinar: quem resiste? | Imagem: Shutterstock

Ingredientes:

  • 2 bananas médias
  • 1 ovo
  • 3 col. (sopa) de açúcar demerara
  • 1 col. (sopa) de suco de limão
  • Raspas de limão
  • Pitada de sal
  • ½ xíc. (chá) de farinha de arroz
  • ½ xíc. (chá) de amido de milho
  • 1 col. (sopa) de leite de coco
  • 1 col. (chá) de fermento químico
  • 2 col. (sopa) de açúcar refinado (opcional para polvilhar)
  • ½ col. (chá) de canela em pó (opcional para polvilhar)

Modo de preparo:

1 – Amasse uma banana com um garfo, adicione o ovo, o açúcar demerara, o suco de limão, as raspas de limão, o sal e misture bem.

2 – Adicione a farinha de arroz e o amido de milho e mexa.

3 – Coloque o leite de coco e mexa novamente, a massa deve ficar grossa e elástica.

4 – Pique uma banana em pedacinhos e adicione na massa.

5 – Finalize com o fermento em pó e mexa.

6 – Distribua em uma assadeira untada e leve ao forno por 25 minutos até dourar.

7 – Depois de assado, passe no açúcar e na canela.

No aconchego do lar

De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira do Ministério da Saúde, refeições compartilhadas e que sejam feitas no ambiente da casa são momentos preciosos para cultivar e fortalecer laços entre pessoas que se gostam.

Em especial para as crianças e adolescentes, são excelentes oportunidades para que adquiram bons hábitos alimentares e valorizem a importância de refeições regulares e feitas em ambientes apropriados.

Por isso, se estiver passando por esse período de quarentena em casa com as crianças, reforce essa importância do aconchego do lar. E, melhor ainda, envolva os pequenos no preparo dos alimentos, assim eles vão adquirindo, desde cedo, mais consciência sobre hábitos saudáveis e aprendem a valorizar o que vai no prato.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Roberta Lara é proprietária e responsável técnica do Instituto de Nutrição Roberta Lara. Mestre e doutora em Investigação Biomédica, na área de Concentração Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP). Pesquisadora colaboradora do Laboratório de Genômica Nutricional (LABGEN) da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Membro do Núcleo de Nutrição e Saúde Cardiovascular do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Membro do Comitê Científico Consultor Institucional Life Sciences Institute (ILSI).

Ministério da Saúde. Guia Alimentar para a População Brasileira, 2014.

-

Assine nossa newsletter: