fbpx

Dieta para reduzir o colesterol: o que realmente funciona

Postado em 17 de junho de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Descubra os mitos e verdades dos alimentos ricos em colesterol HDL e LDL

Muita gente diagnosticada com colesterol alto se pergunta o que comer para abaixar o colesterol no organismo. De fato existe uma dieta para reduzir o colesterol, pois há alimentos, segundo estudos, que colaboram para o aumento ou diminuição dos níveis da substância no nosso corpo.

Mas para entender essa relação, em primeiro lugar, é preciso explicar que existem dois tipos de colesterol diferentes: o HDL, também chamado de colesterol bom, e o LDL, o colesterol ruim.

Portanto, há alimentos que podem aumentar os índices de um dos tipos de colesterol e diminuir os de outro, ou até mesmo aumentar ambos. Veja a seguir o que realmente não pode faltar na dieta para reduzir o colesterol ruim e o que você precisa evitar no cardápio, segundo as últimas revelações da ciência.

5 mitos e verdades sobre a dieta para reduzir o colesterol

Veja o que vale a pena incluir nas refeições e o que é melhor deixar de lado.

Mesa com oleaginosas, abacate, salmão e azeite

Alguns alimentos contribuem com a diminuição do nível de colesterol ruim e com o aumento do bom | Imagem: Shutterstock

Fritar alimentos com azeite de oliva ao invés de usar outros óleos pode ajudar a aumentar o colesterol bom

Mito. Um estudo da Universidade Cumhuriyet, em Sivas (Turquia), indicou que a fritura com azeite de oliva não parece afetar significativamente os teores de colesterol e gordura em alimentos. Entretanto, o uso do azeite em pratos frios, como parte do tempero de saladas, pode sim ajudar a aumentar os níveis de HDL, segundo outra pesquisa feita no Hospital das Clínicas de Barcelona (Espanha).

O abacate é uma fonte de gorduras boas para evitar doenças cardíacas

Verdade. Dados da Universidade Tufts, em Boston (EUA), sugerem que a ingestão de abacate aumenta as concentrações de HDL, além de não apresentar diferença nas concentrações de LDL.

Ovo é uma fonte de colesterol e deve ser evitado na dieta de quem busca diminuir o colesterol

Parcialmente verdade. Um estudo aprofundado sobre os nutrientes do ovo feito na Universidade de Connecticut (EUA) chegou à conclusão de que o alimento pode aumentar tanto o colesterol LDL quanto o HDL. Porém, o que pode ser a diferença entre liberar ou proibir o consumo, segundo eles, são os hábitos alimentares. Quem segue uma dieta adequada, com acompanhamento de um nutricionista e sem exageros, pode consumir o ovo sem problemas.

Proteína de soja pode reduzir o colesterol LDL

Verdade. A proteína de soja, segundo uma pesquisa feita na Universidade de Toronto (Canadá), se usada em substituição de alimentos ricos em gordura saturada, reduziu significativamente o colesterol LDL em aproximadamente 3% a 4% em adultos que participaram do estudo. Os dados condizem com as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre aumentar a ingestão de proteína vegetal.

Toda proteína animal deve ser cortada para quem busca uma dieta sem colesterol

Mito. Para minimizar o risco de doenças cardíacas, um estudo feito por cientistas da Universidade Estadual da Pensilvânia (EUA) aponta que algumas fontes de proteína baseadas em origem animal como peixes, frutos do mar, laticínios com baixo teor de gordura, aves e carnes magras podem fazer parte de uma dieta equilibrada.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Keklik N. et al. Effect of different cooking procedures on cholesterol and fat contents of selected meat products. Universidade Cumhuriyet, Sivas, Turquia, 2018.

Damasceno NR. et al. Crossover study of diets enriched with virgin olive oil, walnuts or almonds. Effects on lipids and other cardiovascular risk markers. Hospital das Clínicas de Barcelona, Espanha, 2011.

Mahmassani H.A. et al. Avocado consumption and risk factors for heart disease: a systematic review and meta-analysis. Tufts University, 2018.

Blesso C. et al. Dietary Cholesterol, Serum Lipids, and Heart Disease: Are Eggs Working for or Against You? Universidade de Connecticut, 2018.

Meija B. et al. A Meta-Analysis of 46 Studies Identified by the FDA Demonstrates that Soy Protein Decreases Circulating LDL and Total Cholesterol Concentrations in Adults. Universidade de Toronto, 2019.

Chesney R. et al. Plant Protein and Animal Proteins: Do They Differentially Affect Cardiovascular Disease Risk? Universidade Estadual da Pensilvânia, 2015.

Leia também