fbpx

Sucos prontos e refrigerantes podem elevar o risco de câncer, diz novo estudo

Postado em 24 de agosto de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Altas quantidades de açúcar e pesticidas nas frutas estão entre prováveis causas

Mesa com diversos copos de refrigerante, como de cola e limão, e suco

Açúcares e conservantes são os vilões de sucos prontos e refrigerantes, que comprometem a saúde | Imagem: Shutterstock

Em meio a um copo de refrigerante ou de suco de frutas pode estar escondido um problema que afeta a saúde de milhões de pessoas. Trata-se do excesso de açúcares e conservantes, que, segundo um estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, podem elevar o risco do desenvolvimento de um câncer.

A pesquisa foi divulgada pelo British Medical Journal e se aprofundou durante cinco anos nos hábitos alimentares de mais de 100 mil pessoas, em especial em um item do cardápio: as chamadas bebidas açucaradas.

Os autores definiram como qualquer bebida açucarada aquelas que possuem mais de 5% de açúcar na composição, como alguns refrigerantes, sucos (mesmo os não adoçados), chás, energéticos, entre outros.

Recomendação diária contra o risco de câncer

De acordo com os cientistas, cada excedente de 100 ml de bebidas açucaradas ao dia pode aumentar o risco de desenvolver câncer em até 1,18 vezes. A associação entre o consumo da bebida e risco de câncer foi vista principalmente para o câncer de mama, em mulheres no período da pré-menopausa. Os autores não identificaram associação entre o consumo das bebidas com câncer de próstata e colorretal.

Para o gastroenterologista Dan Waitzberg, o consumo elevado de açúcar tem sido reconhecido como fator de risco para diversos tipos de câncer.

“Alguns mecanismos envolvem as vias metabólicas associadas à obesidade e ao excesso de gordura no organismo. Em outros, é a resistência à insulina, causada pelo elevado índice glicêmico ou carga glicêmica dos açúcares no sangue, que estão relacionados a câncer de mama, fígado e carcinomas associados a diabetes.”

Por outro lado, Waitzberg sugere que além do açúcar, também poderia ter algum efeito a presença de compostos químicos, como o 4-metilimidazol em bebidas com corante caramelo (considerado carcinogênico a seres humanos pela Agencia Internacional de Pesquisa em Câncer – IARC) e pesticidas em sucos de frutas.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

 

Referência bibliográfica:

Consultoria do Comitê Científico Nutritotal: Dr. Dan Waitzberg, professor associado do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP e diretor do GANEP Nutrição Humana.

Srour B. et al. Sugary drink consumption and risk of cancer: results from NutriNet-Santé prospective cohort. Universidade Sorbonne, BMJ, 2019.

Leia também