fbpx


Cientistas desvendam o potencial do leite materno contra a desnutrição

Postado em 19 de junho de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

Entenda como o aleitamento pode trazer benefícios para os bebês e as mães

Entre as máximas da nutrição está: o aleitamento materno deve ser exclusivo durante os seis primeiros meses de vida do bebê. A recomendação tão preconizada pelas autoridades de saúde se baseia nos nutrientes e anticorpos que o alimento oferece, que contribuem com o desenvolvimento e a saúde dos pequenos. Mas sabia que, além disso, o leite materno é um poderoso aliado contra a desnutrição?

Para abordar o assunto, trazemos a seguir as evidências de um novo estudo, publicado pelo The American Journal of Clinical Nutrition. Confira os detalhes.

Mulher amamentando bebê

Imagem: Freepik

Leite materno x desnutrição

O estudo reforçou dados já conhecidos como o fato de que o leite materno pode oferecer benefícios mesmo depois dos seis meses. Para crianças até dois anos de idade, a amamentação pode apoiar o estado imunológico e nutricional, especialmente em locais onde os alimentos complementares são inadequados e a diversidade alimentar é pobre.

As mães também se beneficiam da amamentação, criando um maior vínculo maternal com o bebê. Agora, o próximo passo, segundo os cientistas, é entender como os fatores externos e a tecnologia podem influenciar no aleitamento materno.

Viu só como o leite materno oferece uma série de benefícios? Mas embora pareça um ato natural, é normal ter dúvidas e até mesmo sentir dificuldades ao amamentar uma criança. Para ajudar, conversamos com a consultora Ana Carolina Moreira Pagnota, que esclareceu as principais dúvidas em relação à amamentação neste post.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Parul C. et al. The need to study human milk as a biological system. The American Journal of Clinical Nutrition, 2021.

-

Assine nossa newsletter: