4 tipos de alimentos que deixam a pele bonita e os cabelos brilhantes

Postado em 9 de maio de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Você já conhece muitos deles! E tão importante quanto saber o que consumir é avaliar a quantidade a ser ingerida, recomendação que deve ser feita pelo nutricionista

Alimentos alaranjados sobre a mesa, como cenouras, mamão e caquis

O betacaroteno, que dá tom alaranjado aos alimentos, atua contra o envelhecimento da pele | Imagem: Shutterstock

Uma pele lisinha, sem rugas. Cabelos sedosos e firmes. Unhas que não quebram a todo momento. Esses são alguns dos problemas que podem ser evitados com a adoção de um estilo de vida saudável. Você sabia que o cuidado estético também pode começar por meio de uma boa nutrição? Existem alimentos que podem ajudar a deixar a pele bonita por conterem minerais e vitaminas específicos.

A nutricionista Christiane Castro lembra que a alimentação certa é o meio de oferecer ao organismo todos os nutrientes necessários para viver e realizar todas as reações metabólicas que precisamos. E é também por meio da comida que se encontra tudo que a pele e os anexos (cabelos, unhas e dentes) precisam para se fortalecer.

“Todos nós temos um ciclo de 28 dias em que a pele nasce e produz células novas que, por sua vez, sobem para a superfície e viram células mais envelhecidas na nossa epiderme, um processo chamado de renovação celular. Portanto, quanto mais a pele for estimulada pelo fornecimento dos nutrientes certos, mais poderá produzir novas células ao mês que darão uma aparência renovada, combatendo as marcas de envelhecimento precoce”, afirma.

Mas vale uma ressalva importante. Um estudo feito pelo Departamento de Medicina Social FAMED/UFRGS, no Rio Grande do Sul, destaca que a preocupação contínua com a estética do corpo pode levar a dietas e a outros métodos drásticos de controle de peso, bem como de procedimentos cirúrgicos. Nesse sentido, ter um atendimento nutricional feito por um especialista é fundamental e, para melhores efeitos, vale seguir um efetivo modelo de reeducação alimentar, priorizando uma melhora no estilo e na qualidade de vida como um todo.

A seguir, a nutricionista cita os pilares da alimentação equilibrada que ajudam na estética da pele e dos anexos.

Alimentos que deixam a pele bonita (os tipos)

Proteínas

O consumo de carnes magras e ovos pode estar diretamente relacionado pelo fornecimento dos aminoácidos ligados à firmeza da nossa pele. Pode ser notado também na firmeza do cabelo e no crescimento dele. Para isso, um aporte diário de proteínas por meio da alimentação equilibrada é importante. A suplementação pode ser necessária em alguns casos pontuais, mas deve ser feita apenas com acompanhamento de um profissional.

Água

A ingestão de líquidos é fundamental para manter o organismo equilibrado e hidratado de dentro para fora. O líquido que deve receber maior destaque é a própria água, cuja quantidade de copos a serem tomados por dia pode variar de pessoa para pessoa. Confira agora quantos copos você precisa tomar ao dia.

Vitaminas e minerais

São fundamentais para as reações metabólicas e o desenvolvimento e renovação celular. Alguns exemplos:

  • Vitamina A: está relacionada com a renovação celular;
  • Vitamina B: a biotina, proveniente das vitaminas do complexo B, é fundamental para a firmeza do fio do couro cabeludo, e sua deficiência está associada à queda de cabelo;
  • Vitamina C: presente em frutas cítricas, contém agentes antioxidantes que atuam na formação de colágeno;
  • Vitamina E: encontrada em sementes e oleaginosas, é usada em cosméticos como poderoso hidratante.

Pigmentos naturais antioxidantes

Eles são uma série de pigmentos presentes em frutas, legumes e verduras que dão a coloração natural aos alimentos. Christiane destaca três deles:

  • Betacaroteno: é o pigmento alaranjado encontrado em frutas e legumes como mamão, abóbora e cenoura. Ele está relacionado com a formação da melanina e pode proteger o organismo de radicais livres, que atuam no envelhecimento da pele e de anexos;
  • Antocianina: é um pigmento vermelho-escuro presente em frutas vermelhas como ameixa, morango, amora, framboesa e mirtilo. É extremamente antioxidante, podendo ser capaz de combater o envelhecimento causado pelos radicais livres;
  • Licopeno: também tem um tom avermelhado, mas mais claro, e está presente, por exemplo, no tomate, no pimentão e na melancia. Ele, assim como a antocianina, pode ajudar na ação de combate aos radicais livres.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Chris Castro é nutricionista pela Universidade Federal da Paraíba. Especialista em Nutrição Clínica Funcional pelo Centro Valéria Paschoal. Life Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching. Criadora do Programa Fórmula da Pele Radiante. Autora dos livros: Alimentação e sexo – realidades e mitos dos afrodisíacos, ed. Nutroserv, 2006. Beleza e sexo – dicas de alimentação, ed. DOC, 2016.

Witt. J. et ai. Nutrição Estética: valorização do corpo e da beleza através do cuidado nutricional. Depto. de Medicina Social FAMED/UFRGS, 2009.

Leia também