fbpx


Como preparar uma lasanha de palmito laminado

Postado em 27 de abril de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

Opção sem carne é ideal para o almoço de domingo em família

Há tempos que a gastronomia vem reinventando pratos clássicos. Com a criatividade de chefs e nutricionistas, preparos tradicionais estão ganhando novas versões com menos calorias e mais nutrientes (mas igualmente saborosas, diga-se de passagem!). E o melhor: para atender todos os paladares. Um dos melhores exemplos desse movimento culinário a favor da saúde são as massas. A abobrinha pode virar um delicioso espaguete e a massa da lasanha pode ser trocada por legumes em versões mais leves, como berinjela, ou, como você aprenderá no post de hoje, palmito. É esta a nossa dica da vez para deixar o almoço de domingo mais saudável: uma lasanha de palmito laminado.

Em termos nutricionais, saiba que a aposta no palmito pode ser uma ótima ideia. Com menos calorias, o alimento é fonte de potássio e vitaminas do complexo B, importantes para a saúde. Fora que para aqueles que não comem carne, o vegetal é um curinga na cozinha, indo muito bem em versões vegetarianas de estrogonofes, recheios para salgados e muito mais!

Vamos então aprender nossa lasanha de palmito laminado? Quem ensina a receita é a nutricionista Roberta Lara.

Lasanha de palmito laminado ao molho pesto

Lasanha de palmito laminado

Imagem: Freepik

Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 1 hora

Ingredientes:

  • 200 g de palmito-pupunha laminado (semelhante à massa de lasanha tradicional)
  • Sal a gosto
  • 100 ml de azeite extravirgem
  • 1 punhado de castanhas-de-caju
  • 1 maço de manjericão
  • 200 g de mussarela
  • 200 g de tomates-cereja
  • Queijo parmesão

Modo de preparo:

  1. Ferva o palmito durante três minutos e acrescente sal. Escorra e reserve.
  2. Com ajuda de um mandolin (cortador de legumes), corte o palmito em rodelas finas e laminadas.
  3. Em um liquidificador, adicione o azeite, as castanhas-de-caju, sal e o manjericão. Bata até virar um molho pesto, mais consistente.
  4. Corte a mussarela em rodelas e os tomates.
  5. Em um refratário, faça a montagem: azeite, fatias de palmito, molho de manjericão, mussarela, tomates, molho de manjericão, e repita as camadas.
  6. Adicione o parmesão por cima e asse em forno até o queijo gratinar. Pode ser consumida gelada também, em dias quentes.

Dica: você pode fazer o molho da sua preferência, como branco ou de tomate, por exemplo.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Roberta Lara é proprietária e responsável técnica do Instituto de Nutrição Roberta Lara. Mestre e doutora em Investigação Biomédica, na área de Concentração Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP). Pesquisadora colaboradora do Laboratório de Genômica Nutricional (LABGEN) da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Membro do Núcleo de Nutrição e Saúde Cardiovascular do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Membro do Comitê Científico Consultor Institucional Life Sciences Institute (ILSI). Também é colunista do Nutritotal Público Geral. Instagram: @robertasoareslara Facebook: Instituto de Nutrição Roberta Lara.

-

Assine nossa newsletter: