fbpx

Você sabe o que é verdade e o que é fake news sobre o novo coronavírus?

Postado em 14 de maio de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Confira as últimas descobertas sobre a doença

Mais do que nunca, as redes sociais e as mídias online são formas de se comunicar e se informar a respeito do que acontece pelo mundo diante da pandemia global causada pelo novo coronavírus. Mas é necessário se atentar para não cair no compartilhamento de fake news, notícias que se popularizam rapidamente, e que na verdade, não passam de balela. Muitas pessoas compartilham curas, vacinas e até dicas de alimentação falsas para lidar com a doença.

Para saber o que é verdade e o que é mentira, montamos a seguir um quiz para você testar seus conhecimentos. Confira:

Coronavírus: o que é verdade e o que é fake news sobre a doença?

Escolha uma alternativa para cada uma das perguntas a seguir e veja o que é real – e o que não é – a respeito da pandemia.

Mulher amamentando bebê. Ela usa uma máscara

Mulheres lactantes devem tomar precauções ao amamentar os bebês em tempos de pandemia | Imagem: Shutterstock

1 – Mulheres com COVID-19 podem amamentar?


Acertou quem respondeu a alternativa A. Uma pesquisa divulgada pelo periódico Lancet avaliou amostras de leite materno de seis pacientes e constatou que os exames deram negativos na transmissão por amamentação. Porém, a Fiocruz e a Organização Mundial da Saúde (OMS) orientam cuidado, pois ainda faltam estudos que comprovem as formas de disseminação do vírus, e recomendam que a amamentação só seja feita caso a mãe esteja em condições adequadas, lave as mãos por pelo menos 20 segundos antes de tocar o bebê, use máscara facial e siga as orientações de um profissional de saúde.

2 – Qual destes alimentos pode ajudar na cura da COVID-19:




Ponto para quem respondeu D, nenhuma das opções citadas. Até o momento, o Ministério da Saúde aponta que não há indícios de cura do novo coronavírus por meio de alimentos, vitaminas, nutrientes e medicamentos. Os alimentos citados foram compartilhados em fake news por meio de aplicativos de mensagens e, por isso, é preciso esclarecer seus usos.Assista também: Dicas para se alimentar bem durante o isolamento social

3 – Beber água de 15 em 15 minutos pode ajudar no combate ao coronavírus. Essa afirmação é:


Mais uma vez, fake news. Logo, quem respondeu a alternativa B, acertou. Também amplamente divulgada pelas redes sociais, essa desinformação a respeito da água precisa de atenção. Segundo o Ministério da Saúde, não há indícios de que a ingestão de água ajude no combate ao coronavírus. O que se sabe, porém, é que lavar as mãos com água e sabão é uma forma de ajudar a evitar a propagação do vírus.

4 – Alimentos trazidos da China podem estar infectados com coronavírus. Essa frase é:


Novamente, quem respondeu B, acertou. Essa afirmação é falsa, pois segundo o Ministério da Saúde, quaisquer produtos trazidos da China não possuem evidência de contágio do novo coronavírus. Isso acontece porque os vírus costumam não sobreviver por muito tempo fora do corpo de outros seres vivos, e, além disso, o tempo de tráfego de produtos e alimentos costuma ser de muitos dias.

Para ler mais posts sobre o coronavírus, clique aqui.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Chen H. et al. Clinical characteristics and intrauterine vertical transmission potential of COVID-19 infection in nine pregnant women: a retrospective review of medical records. Lancet, 2020.

Covid-19: rBLH divulga recomendações sobre amamentação. Fiocruz, 2020.

Ministério da Saúde, 2020.

Leia também



Assine nossa newsletter: