fbpx

Pressão alta em crianças: quais são os fatores de risco?

Postado em 5 de setembro de 2020 | Autor: Redação Nutritotal

Um estudo avaliou até o período gestacional

Menina medindo pressão

Crianças também podem ser hipertensas | Imagem: Freepik

Se você pensa que a hipertensão é coisa de adulto, está enganado. Desde a infância, existem fatores que podem contribuir negativamente com o agravamento dessa condição, e que requerem cuidados e atenção dos pais para evitar que seus filhos se tornem pacientes hipertensos.

Para entender quais são esses empecilhos, um estudo publicado pelo Journal of Human Hypertension avaliou os fatores de risco em crianças até nove anos de idade. Na análise, foram levadas em conta variáveis como obesidade e fatores de risco maternos como depressão, sobre a incidência de hipertensão na infância.

No total, participaram do estudo mais de 200 crianças com diferenças no peso, altura, circunferência da cintura, pressão arterial e tempo de aleitamento materno.

Assista também: Como a alimentação me ajudou com a pressão alta

Risco e prevenção

No final da pesquisa, 6,1% das crianças foram classificadas como pré-hipertensas e 2,3% com hipertensão. Na análise, elas apresentaram um maior histórico de rápido ganho de peso e suas mães apresentaram maiores taxas de depressão no período pré-natal.

Por outro lado, não foram encontradas associação entre a hipertensão e fatores de risco nas crianças, como aleitamento materno exclusivo ou por algum período, idade gestacional no nascimento, gênero, peso ao nascer, obesidade e consumo excessivo de refrigerantes.

Com isso, os pesquisadores concluíram que o rápido ganho de peso e a depressão materna pré-natal podem estar associados à pressão alta em crianças de até 9 anos, sugerindo que o período perinatal é um ponto importante na prevenção de hipertensão arterial infantil.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Kjaer TW. et al. Rapid infant weight gain and prenatal maternal depression are associated with prehypertension/hypertension before age 9. Journal of Human Hypertension, 2020.

Leia também



Assine nossa newsletter: