fbpx

A verdade sobre a gordura nos queijos e a saúde do coração

Postado em 14 de dezembro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Veja se esse tipo de alimento é bom ou ruim para a saúde cardiovascular

Vários tipos de queijos sobre uma tábua. Muito se discute sobre a gordura nos queijos

Queijos são fonte de cálcio e vitamina D, mas é preciso equilíbrio na dieta pois também possuem gorduras | Imagem: Shutterstock

Fontes de cálcio e vitamina D, os queijos estão presentes em diversos pratos do nosso dia a dia, desde o misto quente no café da manhã até o bife à parmegiana do jantar. Mas muito se discute a respeito das gorduras presentes no queijo, e se elas devem ser evitadas ou consumidas diariamente.

Um estudo divulgado pelo periódico The Lancet, por exemplo, comparou o consumo de produtos derivados de leite em 21 países e concluiu que esse tipo de alimentação pode estar associado a um menor risco de mortalidade e de doenças cardiovasculares.

Mas por outro lado, uma pesquisa publicada no The American Journal of Clinical Nutrition apontou que não há indícios da associação entre gorduras lácteas presentes em alimentos como o queijo e diminuição no risco de doenças cardiovasculares. Então o que fazer?

Além do coração

A chave para unir o consumo de queijos, manteigas e outros derivados de leite aos benefícios que trazem à saúde pode estar no equilíbrio nutricional. Um artigo da Universidade de Harvard (EUA) lista como exemplo o uso da manteiga. Passar um pouco dela em uma torrada não vai lhe trazer problemas de saúde, mas comer mais de uma colher (sopa) do alimento por dia pode ser prejudicial.

E não só a saúde cardiovascular pode estar em risco com um consumo exagerado desses laticínios. Pesquisas como a revelada pelo Journal of the National Cancer Institute demonstram que o consumo das gorduras presentes em queijos pode ser prejudicial à saúde de quem tem câncer de mama, por exemplo.

Por isso, para saber a quantidade diária que você pode consumir desse grupo alimentar, o melhor a se fazer é consultar o seu nutricionista. E no nosso site, você confere também um teste com os queijos com menor teor de gordura para incluir na sua alimentação.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

 

Mente A. et al. Association of dairy intake with cardiovascular disease and mortality in 21 countries from five continents (PURE): a prospective cohort study. The Lancet, 2018.

Otto M. et al. Serial measures of circulating biomarkers of dairy fat and total and cause-specific mortality in older adults: the Cardiovascular Health Study. The American Journal of Clinical Nutrition, 2018.

Gelsomin E. Is it time to stop skimming over full-fat dairy? Universidade de Harvard, 2019.

Candyce H. et al. High- and Low-Fat Dairy Intake, Recurrence, and Mortality After Breast Cancer Diagnosis. Journal of the National Cancer Institute, 2013.

Leia também