fbpx


Dieta flexitariana é boa para o intestino

Postado em 13 de maio de 2022 | Autor: Redação Nutritotal

Conheça o padrão alimentar que ajuda as bactérias da microbiota

Muita gente sonha em ter a saúde intestinal equilibrada. Responsável não só pelos processos de digestão do organismo, ela também é fundamental para a proteção do sistema imunológico e a prevenção de diversas doenças. E a melhor forma de conseguir esse equilíbrio está na alimentação, especialmente em padrões que podem favorecer a microbiota.

Para descobrir qual estilo alimentar pode ser aliado da saúde intestinal, um estudo publicado pelo The American Journal of Clinical Nutrition comparou dietas famosas para entender suas propriedades e benefícios.

Foram comparadas, por exemplo, a dieta convencional americana, que é rica no consumo de bebidas açucaradas e alimentos processados ​​e com uma menor diversidade de alimentos à base de plantas;  além da plant-based e da dieta flexitariana.

Como resultado, foi encontrada uma maior diversidade de bactérias benéficas ao organismo na microbiota intestinal de indivíduos que seguiram um padrão flexitariano ao invés da dieta convencional americana.

Mas como funciona a dieta flexitariana?

dieta flexitariana é boa

Imagem: Shutterstock

Esse tipo de alimentação está presente no cotidiano de milhares de brasileiros, sem mesmo saberem que se trata de uma dieta. Ela consiste em consumir quantidades abundantes de alimentos à base de plantas, como grãos e cereais integrais, verduras, legumes, frutas e oleaginosas.

Mas diferente da plant-based, que leva apenas esses ingredientes considerados veganos ou vegetarianos dependendo do padrão escolhido, a flexitariana, como o nome sugere, ainda leva pequenas quantidades de carnes magras e uma ingestão moderada de laticínios como iogurtes e queijos brancos.

O consumo de alimentos variados, como na dieta flexitariana, oferece maior quantidade de fibras e aumenta a variedade das bactérias intestinais, promovendo melhora da saúde intestinal.

Saiba mais: a importância dos alimentos probióticos na saúde intestinal

Acompanhe o Nutritotal – Para Todos no Instagram e para mais dicas sobre dietas da moda.

*Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Aurélie C. et al. A posteriori dietary patterns better explain variations of the gut microbiome than individual markers in the American Gut Project. The American Journal of Clinical Nutrition, 2021.

-

Assine nossa newsletter: