fbpx


4 sinais no corpo de que você está desidratado

Postado em 25 de maio de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

A desidratação pode dar as caras até nos dias mais frios. Fique atento!

Sabe aquela história de que todo mundo precisa beber dois litros de água por dia? Por mais que a realidade não seja bem essa, ela tem um fundo de verdade, pois é preciso ficar atento ao consumo diário de água e saber identificar os sinais que o corpo nos apresenta quando estamos desidratados.

E engana-se quem pensa que a desidratação só acontece nos dias mais quentes do ano. Mesmo no inverno, ela pode afetar nosso organismo, e nessas horas, é importante optar por algumas dicas para hidratar o corpo de dentro para fora.

A seguir, conheça os principais indícios de que é hora de beber mais água!

Sinais que o corpo dá quando está desidratado

Mulher tomando água

Imagem: Freepik

Secura por toda a parte

Quando os lábios estão muito secos e a língua não sente mais a salivação, certamente o seu corpo precisa se hidratar. Mas não é só a boca que passa pela secura. Órgãos como a pele também descamam, as unhas podem ficar quebradiças… E nos casos mais graves entre bebês, podem faltar lágrimas e surgirem pequenas covinhas na bochecha.

Cansaço extremo

O corpo também começa a ficar mais exausto com o passar do tempo. Sinais como letargia, fadiga e fraqueza muscular fazem parte desse cansaço. Além disso, muita gente relata sentir tontura e pode até desmaiar por conta da desidratação.

Afeta a mente

Além dos sintomas externos, é possível sentir como decorrência da desidratação falta de foco, lapsos de memória, alterações repentinas de humor, problemas de cognição, crises de ansiedade, entre outros.

Outros sintomas

Há também sinais como dor de cabeça, diarreia, pressão baixa e taquicardia notados por conta da desidratação. Em alguns casos, a urina também é afetada, sendo menos frequente e com coloração mais escura.

Agora que você já sabe quais são os sinais mais comuns que o corpo dá quando está desidratado, não deixe de ler mais sobre hidratação. Reunimos os melhores conteúdos sobre o tema no nosso Instagram e Facebook na série #hidratecomonutritotal. Assista também um tira-dúvidas completo sobre o assunto com a nutricionista Natália Magalhães clicando aqui.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Na Z. et al. Effects of Dehydration and Rehydration on Cognitive Performance and Mood among Male College Students in Cangzhou, China: A Self-Controlled Trial. Int J Environ Res Public Health. 2019.

Naila A. et al. Public knowledge of dehydration and fluid intake practices: variation by participants’ characteristics. BMC Public Health. 2018.

-

Assine nossa newsletter: