fbpx

A saúde intestinal pode estar relacionada com casos de depressão, sugere novo estudo

Postado em 21 de setembro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Entenda como as bactérias do bem presentes no seu intestino podem influenciar diretamente o seu humor

Mulher segurando bloco com carinha feliz na região da barriga

Algumas bactérias da microbiota intestinal interferem na qualidade de vida | Imagem: Shutterstock

Manter a saúde intestinal em dia pode ser eficiente contra a depressão. Além de evitar possíveis dores e inflamações, a microbiota intestinal sadia pode influenciar também no seu bem-estar.

Ao menos é isso que explica um estudo divulgado na revista Nature Microbiology, que analisou mais de 1.000 microbiotas de participantes e identificou uma relação entre  microbiota, qualidade de vida e a incidência da depressão em algumas pessoas.

Os cientistas apontaram que algumas bactérias como as chamadas Coprococcus e Faecalibacterium, presentes na microbiota do intestino, estavam associadas a melhores indicadores da qualidade de vida dos participantes. Ainda foi possível notar que pessoas que tinham menos bactérias do primeiro tipo poderiam ter mais chances de terem depressão.

Saúde intestinal contra a depressão

A pesquisa divulgou ainda que manter a boa saúde da microbiota intestinal pode estimular a produção de neurotransmissores como a serotonina, responsável pelo controle do humor.

Além da serotonina, compostos como a dopamina e a GABA foram identificados e ambos também ajudam a dar a sensação de bem-estar para o corpo. Mas segundo os cientistas, falta ainda entender como o sistema nervoso está ligado a essas substâncias presentes no intestino.

Para manter o seu intestino saudável, não deixe de realizar acompanhamento médico profissional para seguir um plano alimentar adequado e hábitos que colaborem com a saúde do órgão.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referência bibliográfica:

Valles-Collomer M. et al. The neuroactive potential of the human gut microbiota in quality of life and depression. Nature Microbiology, 2019.

 

Leia também