fbpx

Diretriz ESPEN Nutrição Parenteral Domiciliar

Postado em 8 de junho de 2020 | Autor: Roberta Ciudi

Documento informa manejo apropriado e seguro de administração da terapia nutricional

ESPEN publicou diretriz direcionada a profissionais da área da saúde com recomendações acerca de nutrição parenteral em pacientes que recebem este tipo de tratamento em domicilio. O guia informa sobre manejo, monitoramento, vias de acesso e maneiras apropriadas e seguras de administração dessa terapia nutricional.

A nutrição parenteral domiciliar deve ser administrada em pacientes que não conseguem atingir meta de prescrição nutricional via oral ou enteral. É a primeira estratégia utilizada para melhorar prognóstico de pacientes diagnosticados com perda de função intestinal em decorrência tanto de doenças benignas, quanto malignas. Ela também pode ser utilizada para nutrir pacientes em estágios terminais que estão sob cuidados paliativos, além de ser utilizada como prevenção ou tratamento de indivíduos desnutridos que apresentam funções intestinais normalizadas.

Para uma administração segura de nutrição parenteral domiciliar, o guia informa que primeiramente o paciente deve estar hemodinamicamente estável para pode receber o tratamento, além de dispor de cuidador capacitado a realizar os procedimentos necessários.

A diretriz traz, ainda, recomendações sobre opções do conteúdo da nutrição parenteral, podendo esta ser feita em casa ou comprada já pronta, desde que atinja as necessidades nutricionais do paciente.

  • DOWNLOAD

Referência

ESPEN

Leia também