fbpx

Quanto de fibra é preciso consumir?

Postado em 7 de agosto de 2019 | Autor: Juliana Pastore

Saber essa medida e seguir um plano alimentar rico no nutriente pode ajudar a reduzir o risco de mortalidade cardiovascular

Juliana Pastore

Juliana Pastore* é nutricionista

É comum nos depararmos diariamente com pessoas que estão preocupadas em seguir uma dieta com quantidades específicas de carboidrato, como a low carb. Mas o problema por trás dessas restrições é que os adeptos se esquecem de manter uma ingestão adequada de fibras na alimentação.

De acordo com um estudo de revisão sistemática com meta-análise, publicado no periódico Lancet e financiado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi possível investigar a relação entre a qualidade de carboidrato (não a quantidade total consumida) com a mortalidade total e a incidência de doenças crônicas não-transmissíveis, como diabetes e hipertensão, e seus fatores de risco.

Esse estudo considerou dados de 135 milhões de pessoas incluídas em 185 estudos populacionais, além de 4.635 indivíduos participantes de estudos clínicos.

Benefícios do consumo de fibras

A pesquisa mostrou que os indivíduos com maior consumo de fibras tiveram redução de 15% a 30% na mortalidade cardiovascular. E o que mais chamou a atenção é que o benefício se estendeu para reduzir todas as causas de morte, quando comparados aos indivíduos com pequeno consumo de fibras.

Quem consumiu mais fibras apresentou também valores significativamente menores de peso corporal, pressão arterial sistólica e colesterol total do que os que consumiram pouca fibra. Este último grupo teve ainda uma maior incidência de doença coronariana, diabetes tipo 2, câncer colorretal e acidente vascular cerebral (AVC).

O estudo concluiu que o consumo adequado de fibra para adultos deve ser entre 25 g a 29 g por dia, e sugere que quantidades superiores a 30 g por dia podem conferir benefícios adicionais.

Considerando que, segundo estudos populacionais, a maioria das pessoas consome atualmente menos de 20 g de fibra dietética por dia, é importante o reforço dessa orientação nutricional como importante ferramenta de prevenção de doenças para população em geral.

Quais alimentos possuem fibras?

As fibras estão presentes em alimentos como vegetais folhosos, frutas, legumes, leguminosas, sementes e cereais integrais. É verdade que a orientação para preferir consumir cereais integrais já faz parte dos guias alimentares, porém, normalmente, essa orientação vem com a conotação de que isso deve ser realizado para evitar ganho de peso. Hoje, sabemos que tem uma importância para saúde ainda maior.

 

* Juliana Pastore é nutricionista e mestre em Nutrição pela Universidade Federal de Santa Catarina. Também é doutora em Ciências, na área de Oncologia, pelo A.C. Camargo Cancer Center. Possui especialização em Nutrição Clínica e Terapia Nutricional pelo Ganep, é chef de cozinha pela Escola Wilma Kovesi e membro da equipe de Cirurgia Bariátrica e Metabólica da Ultralitho Gastro e da International Federation for the Surgery of Obesity and Metabolic Disorders. Atualmente, trabalha em Florianópolis na clínica médica Viver e no Centro Catarinense de Endocrinologia e Metabologia. Veja mais no site, Instagram e Facebook da profissional.

Referência bibliográfica:

Reynolds A. et al. Carbohydrate quality and human health: a series of systematic reviews and meta-analyses. Lancet, 2019; 393: 434–45.

 

 

 

Leia também