fbpx


Como fazer uma torta de maracujá com baixo teor de açúcar

Postado em 11 de novembro de 2021 | Autor: Roberta Lara

Receita combina o sabor cítrico do maracujá com os seus nutrientes para a saúde

Se você ou algum parente próximo tem diabetes, deve saber que é difícil encontrar sobremesas saborosas que não afetam demasiadamente a glicemia.

Mas, felizmente, cada vez mais a criatividade nos ajuda a desenvolver pratos deliciosos sem a adição de açúcar que podem ser consumidos por todas as pessoas, já que o nosso próprio Guia Alimentar recomenda cautela no consumo de alimentos açucarados.

Que tal aprender o passo a passo de uma receita com baixo teor de açúcar, vegana e com um ingrediente aliado à saúde de quem tem diabetes? Veja a seguir o preparo de uma torta de maracujá deliciosa, ensinada pela nutricionista Roberta Lara:

Torta de maracujá com baixo teor de açúcar

Pedaço de torta de maracujá e uma colher

Imagem meramente ilustrativa. Foto: Shutterstock

Rendimento: oito pedaços

Tempo de preparo: 40 min. + tempo de refrigeração

Ingredientes:

Recheio:

  • 1 xíc. (chá) de castanha de caju crua hidratada
  • ½ xíc. (chá) de leite vegetal (aveia, castanhas ou amêndoas)
  • ¼ xíc. (chá) de óleo de coco
  • 1 polpa de maracujá
  • ¼ xíc. (chá) xilitol em pó

Massa:

  • ½ xíc. (chá) de farinha de aveia
  • 2 col. (sopa) de óleo de coco
  • 1 col. (sopa) de melado de cana
  • 1 col. (sopa) de xilitol
  • Castanhas picadas com a mão

Modo de preparo:

  1. Hidrate a castanha de caju em uma tigela com água por, pelo menos, 4 horas.
  2. Pré-aqueça o forno a 180°C.
  3. Misture os ingredientes da massa em um recipiente até formar uma mistura homogênea.
  4. Coloque e aperte a massa em uma assadeira redonda com fundo removível.
  5. Leve para assar por uns 15 minutos até dourar as laterais. Retire do forno e espere esfriar.
  6. Para o recheio, misture todos os ingredientes em um liquidificador até ficar cremoso.
  7. Coloque o recheio sobre a massa e leve para a geladeira por 3 horas, até ficar consistente.
  8. Finalize com polpa de maracujá por cima e sirva.

Pectina e diabetes

A fruta utilizada na torta de maracujá com baixo teor de açúcar, além de oferecer todo o seu sabor caracteristicamente cítrico e azedo, também é fonte de nutrientes importantes para pacientes diabéticos.

Estudos mostram que o fruto pode conter uma substância presente na sua casca chamada pectina, capaz de aumentar o teor de fibras na dieta, reduzindo a glicemia e os lipídios circulantes no diabético. Para aproveitar esse benefício, você pode adicionar uma colher de sopa da farinha de maracujá à massa, por exemplo.

*Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Roberta Lara é proprietária e responsável técnica do Instituto de Nutrição Roberta Lara. Mestre e doutora em Investigação Biomédica, na área de Concentração Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP). Pesquisadora colaboradora do Laboratório de Genômica Nutricional (LABGEN) da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Membro do Núcleo de Nutrição e Saúde Cardiovascular do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Membro do Comitê Científico Consultor Institucional Life Sciences Institute (ILSI). Também é colunista do Nutritotal Para Todos. Instagram: @robertasoareslara Facebook: Instituto de Nutrição Roberta Lara

Oliveira R. et al. Benefits of the flour of the yellow passion fruit (Passiflora Edulis F. Flavicarpa Deg.) in the treatment of Diabetes mellitus type 2: A narrative review. RSD Journal, 2021.

-

Assine nossa newsletter: