fbpx


Tomar fat burner funciona para acelerar a perda de peso?

Postado em 25 de janeiro de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

Reunimos alguns dos principais mitos e verdades sobre esses suplementos de acordo com estudos científicos

Populares entre os praticantes de atividades físicas, os suplementos conhecidos como fat burners têm ganhado fama pela sua ação termogênica, capaz de transformar as calorias da gordura corporal em energia, por acelerar o metabolismo. Mas será que, de fato, tomar fat burner funciona para perder peso? E, além disso, esse tipo de produto é seguro para qualquer pessoa consumir?

Para descobrir a verdade acerca dos fat burners, reunimos alguns dos principais mitos e verdades sobre eles de acordo com estudos científicos. Confira:

Fat burner funciona? 4 mitos e verdades sobre esses suplementos

Suplementos que queimam a gordura requerem acompanhamento nutricional.

Mulher olhando para pote de suplementos

Imagem: Freepik

Fat burners podem ajudar na queima de gorduras

Verdade. Em pessoas que realizam treinos físicos com frequência e que possuem supervisão médica e nutricional, os fat burners podem ajudar na redução da massa gorda, inclusive durante o período de repouso.

Não há risco ao consumir esses suplementos

Mito. Por mais que a base dos fat burners seja composta por ervas naturais, nem todos são considerados seguros, já que podem conter ingredientes questionáveis ​​e que, por consequência, podem aumentar o risco de uma série de doenças e sintomas graves, incluindo palpitações cardíacas, convulsões, psicose, ansiedade severa, angústia e alterações de humor.

Os fat burners podem substituir uma dieta saudável

Mito. Esses suplementos com foco na queima de gordura não podem ser usados com o intuito de substituir uma boa dieta e um plano de exercícios físicos. A melhor maneira de ajudar o corpo a estimular ou metabolizar as habilidades de queima de gordura é comer alimentos termogênicos, beber bastante água e continuar a fazer exercícios regularmente.

O excesso de fat burners pode causar hepatite aguda

Verdade. Existem casos de mulheres de meia-idade que, ao consumirem suplementos dietéticos para perda de peso vendidos sem prescrição médica, relataram casos inexplicáveis ​​de hepatite aguda induzida pelo uso de fat burners. Por isso, é imprescindível seguir as orientações médicas e nutricionais antes de consumir esses suplementos.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Campbell B. et al. The effects of a fat loss supplement on resting metabolic rate and hemodynamic variables in resistance trained males: a randomized, double-blind, placebo-controlled, cross-over trial. Journal of the International Society of Sports Nutrition, 2016.

Aleksandar G. et al. Fat burner–induced acute liver injury: Case series of four patients. Nutrition, 2018.

Salwa R. et al. Physiological process of fat loss. Bulletin of the National Research Centre, 2019.

-

Assine nossa newsletter: