fbpx


Quem tem diverticulite pode comer pimenta?

Postado em 7 de março de 2022 | Autor: Redação Nutritotal

Veja o que é melhor evitar na dieta quando for diagnosticado com a doença

Conhecida por causar dores abdominais intensas e náuseas, a diverticulite é uma condição na qual os pequenos bolsos que revestem o intestino se inflamam. Podendo durar longos períodos, muitas vezes a dieta de pacientes com essa doença precisa mudar, e a partir disso, surgem algumas dúvidas: quem tem diverticulite pode comer pimenta? E chocolate?

De fato, a alimentação pode contribuir para a melhora e alívio dos sintomas, porém, é preciso saber se essas restrições são mesmo necessárias ou se não passam de fake news e boatos da Internet.

Por isso, se você tem dúvidas do que priorizar na alimentação para quem tem diverticulite, explicamos a seguir os principais mitos e verdades acerca do problema de saúde, baseado em estudos científicos:

Quem tem diverticulite pode comer pimenta? Veja os mitos e verdades:

Mulher comendo prato apimentado e com dor de barriga

Imagem: Shutterstock

Pacientes com diverticulite não podem comer alimentos apimentados.

Mito. Não existem estudos científicos que associem o consumo de pimenta e alimentos picantes com os gatilhos para os sintomas da diverticulite. O que a ciência sabe, por exemplo, é que alimentos fermentados podem ser um problema, e portanto, é melhor evitar pimentas em conserva e priorizar o tempero de forma natural na sua alimentação.

Outros alimentos que podem ser contraindicados para quem tem diverticulite são as bebidas alcoólicas e as carnes vermelhas em geral.

Quem tem diverticulite não pode consumir nozes e pipoca

Parcialmente verdade. Comer alimentos com cascas que podem grudar na mucosa intestinal, como é o caso das nozes, castanhas, sementes como a chia e também o milho de pipoca, não irão causar a diverticulite.

Ainda assim, há estudos que apontam que em casos específicos, as cascas podem entrar nos divertículos, que são os bolsos que podem estar inflamados em pacientes com a doença, e por isso, sugere-se que evitem esses alimentos na dieta, mas apenas se exames comprovarem essa relação no paciente analisado.

Chocolate deve ser evitado por quem tem o problema de saúde.

Parcialmente verdade. Alguns estudos apontam que o excesso de laticínios e também o de alimentos ricos em cafeína podem servir para intensificar os sintomas relacionados à diverticulite, como irritações e secreção. Porém, não há uma relação comprovada do consumo de chocolate com a doença, e por isso, a recomendação é, se for consumir o alimento, que seja moderadamente.

Pessoas com diverticulite devem evitar alimentos com alto teor FODMAP

Verdade. Os FODMAPs são alimentos ricos em carboidratos fermentáveis que acabam não sendo completamente digeridos. Frutas como maçã e pera, além de alho, cebola, tâmaras e outros alimentos, fazem parte dessa lista. Em alguns casos, uma grande quantidade de ingredientes com alto teor de FODMAPs pode ser prejudicial para pacientes com diverticulite.

Há também pessoas que precisam evitar uma alta quantidade de alimentos ricos em fibras, como verduras e legumes, e as que podem necessitar recorrer a dietas líquidas, à base de sopas, caldos e sucos, para lidar com a condição.

Por isso, consulte um nutricionista para receber orientações adequadas para o seu caso.

Quer saber mais sobre diverticulite? Siga o Nutritotal – Para Todos no Instagram e confira dicas imperdíveis sobre nutrição!

*Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Camila D. et al. Evidence for Dietary Fibre Modification in the Recovery and Prevention of Reoccurrence of Acute, Uncomplicated Diverticulitis: A Systematic Literature Review. Nutrients, 2018.

Suthar D. A Prospective Look at the Incidence of Diverticulitis and the Consumption of Nuts, Popcorn, and Seeds. AJG, 2018.

Antonio T. et al. Diet in colonic diverticulosis: is it useful? Polish Archives of Internal Medicine, 2020.

Juan F. et al. Episodes of diverticulitis and hemorrhoidal proctitis and diets with selected plant foods: case-control study with a food frequency questionnaire. Preprints, 2021.

-

Assine nossa newsletter: