Quais são as necessidades nutricionais do idoso?

Postado em 27 de dezembro de 2019 | Autor: Redação Nutritotal

Faça o nosso teste e descubra o que não pode faltar na nutrição de quem já passou dos 60 anos

Os idosos podem ser mais vulneráveis à desnutrição do que os mais jovens. Isso acontece por conta de diversos fatores que englobam desde mudanças fisiológicas e no paladar dos mais velhos, até o alto custo de produtos ricos em micronutrientes que podem estar em falta na alimentação de alguns.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as necessidades nutricionais nessa fase da vida devem sempre ser avaliadas de forma individual, pois cada pessoa precisa de diferentes quantidades de vitaminas e minerais. Porém, sabe-se que as mudanças na dieta podem afetar os fatores de risco ao longo da vida e são capazes de trazer um impacto ainda maior em pessoas idosas.

Listamos a seguir algumas das principais necessidades nutricionais do idoso em um teste. Será que você consegue adivinhar as respostas certas?

Teste: você sabe quais são as necessidades nutricionais do idoso?

Clique na alternativa que você acha ser a correta e confira a resposta!

Casal de idosos sorrindo, apoiados em banqueta. O senhor abraça a senhora e, com a outra mão, segura uma maçã

Os idosos também precisam de uma alimentação balanceada | Imagem: Shutterstock

1 – Quais destes nutrientes ajuda o idoso a ter uma boa saúde óssea?




Se você disse a alternativa A, acertou. Um estudo divulgado pelo periódico Healthcare mostrou que a vitamina D pode ser essencial para a manutenção da saúde óssea e a força muscular em idosos. Sua falta pode afetar a capacidade funcional e aumentar o risco de quedas. Já o cálcio é importante para a prevenção de doenças como a osteoporose. Veja aqui a quantidade de cálcio recomendada para sua idade.

2 – Quanto maior o índice de massa corpórea (IMC) no idoso mais reduzida é a sua mobilidade. Essa afirmação é:


A alternativa B é a certa. Um estudo feito por pesquisadores da Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR) associou como o IMC pode estar ligado a atividades no dia a dia de pessoas acima dos 60 anos. Com isso, descobriu-se que um processo de envelhecimento com aumento do IMC pode gerar uma redução do desempenho motor, e consequentemente, a mobilidade dos idosos. Você sabe o seu? Calcule aqui o peso ideal para idosos.

3 – A sarcopenia é uma doença que pode afetar a saúde muscular dos idosos. Para evitá-la, é preciso seguir uma dieta que tenha níveis adequados de:




Ponto para quem disse D. As proteínas, sejam elas de origem animal ou vegetal, são importantes para a saúde dos mais velhos. Aliadas a uma prática de exercícios físicos que seja supervisionada por um profissional de saúde, a combinação pode ser capaz de evitar a sarcopenia. Clique aqui e veja a quantidade ideal de proteína que você precisa.

4 – Qual destes minerais pode ser necessário suplementar em casos de anemia?




A resposta certa é a C. O ferro é um elemento de extrema importância para a saúde humana, pois é ele quem transporta todo o oxigênio pelo nosso corpo. E quando falta, pode causar uma doença que afeta principalmente os idosos: a anemia ferropriva. Em casos de deficiência desse mineral, pode ser necessária a suplementação.

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Nutrition for older persons. Organização Mundial da Saúde, 2019.

Wilma H. Aging, Nutritional Status and Health. Healthcare, 2015.

Oliveira, Thalita et. Relationship between elderly body mass index and motor performance in peer groups. FAINOR, 2016.

Martone, AM et al. Exercise and Protein Intake: A Synergistic Approach against Sarcopenia. Biomed Research International, 2017.

Woodman R.C. et al. Anemia in the elderly: current understanding and emerging concepts. Blood Rev. 2006.

Leia também



Assine nossa newsletter: