fbpx


Estou grávida e acima do peso, o que fazer?

Postado em 12 de março de 2021 | Autor: Redação Nutritotal

De exames a hábitos, aprenda dicas para melhorar a saciedade e se cuidar durante o período gestacional

Ganhar peso durante a gestação é normal, afinal, passam a entrar na conta da balança o peso do feto, da placenta, o aumento do útero, a retenção de líquidos, entre outros fatores. Esse aumento pode variar de acordo com o peso que a mulher tinha antes da gravidez além das próprias condições da gestação. Para saber o valor adequado, os profissionais de saúde que acompanham o pré-natal terão a resposta. Mas e se estou grávida e acima do peso, o que fazer?

Bom, quando o excesso de peso é mais do que uma decorrência dos nove meses, é preciso atenção. O problema é que quando o aumento foge do controle, condições como diabetes gestacional, hipertensão e compulsões alimentares podem dar as caras e complicar a espera do bebê.

Para evitar esses problemas e controlar o peso, uma dica nutricional muito importante é cuidar da saciedade. Pode parecer óbvio, mas fato é que nem sempre nos atentamos à nossa própria satisfação nas refeições. E daí, se comemos além da conta, já sabe: o resultado vai direto pra balança. Veja a seguir algumas dicas sustentadas por estudos científicos para manter os quilinhos adequados durante a gestação.

Estou grávida e acima do peso, o que fazer? 4 dicas para melhorar a saciedade

Mulher grávida sentada na cama comendo laranja

Imagem: Freepik

Controle seus desejos

Deu vontade de comer um hambúrguer de madrugada? Ou pizza no café da manhã? Os “desejos de grávida” são famosos, mas saiba que usá-los como desculpa para comer o que quiser pode não ser uma boa ideia. Um estudo avaliou que a frequência desses pedidos pode ser responsável pelo excesso de ganho de peso e virar um fator de risco para doenças como o diabetes gestacional. Por isso, pense duas vezes antes de escolher uma comida por impulso.

Cuidado com os horários

Outra pesquisa mostrou que as gestantes que comem cedo uma refeição completa no café da manhã têm um percentual maior de ingestão de energia e carboidratos pela manhã e menor nas refeições à noite, o que pode contribuir para a perda de peso. Elas também possuem uma dieta de melhor qualidade quando comparadas com as que comem tardiamente. Moral da história: mantenha uma rotina alimentar e capriche no café da manhã. Veja dicas nutritivas e práticas do que comer no desjejum aqui.

De olho nos hormônios

Tanto a fome quanto a saciedade da gestante são reguladas no hipotálamo, localizado no cérebro. É de lá que hormônios como a progesterona atua, cuja ação fica ainda mais intensa durante o período de gravidez. Por isso, consulte seu obstetra para realizar exames que indiquem como os hormônios podem afetar o seu corpo – em especial os que podem levar a um aumento de peso repentino.

Opte por alimentos da dieta mediterrânea

Azeite de oliva, tomates, legumes e outros alimentos que fazem parte da famosa dieta mediterrânea podem ser aliados da saúde da gestante. Pesquisadores sugerem que essa alimentação tem o potencial de reduzir o ganho de peso e o risco de diabetes gestacional.

E dieta, pode?

Não. Não é recomendado que a mulher faça qualquer tipo de dieta durante a gestação. A nutricionista Ana Carolina Vicedomini explica os motivos no vídeo a seguir, e reforça o que realmente pode contribuir para manter a saúde na gravidez:

 

Este conteúdo não substitui a orientação de um especialista. Agende uma consulta com o nutricionista de sua confiança.

Referências bibliográficas:

Natalia C. et al. Food cravings in pregnancy: Preliminary evidence for a role in excess gestational weight gain. Appetite, 2016.

Cristiana A. et al. Effects of timing of food intake on eating patterns, diet quality and weight gain during pregnancy. Cambridge University Press, 2020.

Anette L. et al. The relationship between weight gain during pregnancy and allopregnanolone levels: a longitudinal study. Endocr Connect. 2017.

Bassel H. et al. Mediterranean-style diet in pregnant women with metabolic risk factors (ESTEEM): A pragmatic multicentre randomised trial. Plos Medicine, 2019.

Assine nossa newsletter: