fbpx

Avaliação do risco de sarcopenia em idosos hospitalizados

Postado em 22 de março de 2021 | Autor: Aline Palialol

Os pontos de corte ideais para detecção da doença foram definidos pelo índice de Youden.

A sarcopenia é a perda de massa muscular característica do processo de envelhecimento humano. Com foco no risco de desenvolvimento dessa enfermidade, um estudo buscou identificar a eficácia do uso isolado ou combinado dos questionários de triagem de sarcopenia, SARC-F e MSRA (Mini Avaliação de Risco de Sarcopenia),  em idosos hospitalizados.

Nessa pesquisa, foram avaliados 152 idosos, sendo 58 mulheres e 94 homens com idades entre 70 e 94 anos. Para avaliá-los, além dos questionários mencionados, utilizou-se um exame de absorciometria de raios-X de dupla energia (DXA), uma avaliação da força muscular do aperto de mão (FAM) e um questionário de atividade de vida diária.

Com base nos critérios do European Working Group on Sarcopenia in Older People 2 (EWGSOP2), 66 desses pacientes foram classificados como sarcopênicos após a avaliação. O SARC-F e MRSA de 7 questões e o MSRA de 5 questões mostraram uma área sob a curva (AUC) de 0,666 (intervalo de confiança de 95% (IC): 0,542-0,789), 0,730 (IC 95%: 0,617-0,842) e 0,710 (IC 95%: 0,593-0,827), respectivamente. Sendo esses, os pontos de corte ideais para detecção de sarcopenia determinados para cada questionário com base no índice de Youden.

Os pontos de corte calculados foram ≤25 e ≤40 para MSRA de 7 e 5 perguntas, respectivamente. E o ponto de corte ideal para o SARC-F foi um escore ≥3. Com esse novo ponto de corte nos pacientes avaliados, a sensibilidade e especificidade do MSRA de 7 itens foram 0,757 e 0,651, e 0,688 e 0,679 para o MSRA de 5 itens, respectivamente. Enquanto, a sensibilidade e especificidade do SARC-F foram 0,524 e 0,765, respectivamente.

O estudo concluiu que o uso combinado de SARC-F e MSRA de 7 itens melhorou a precisão no diagnóstico de sarcopenia, com especificidade e sensibilidade de 1,00 e 0,636. Portanto, esses questionários, mostraram-se eficazes e viáveis na identificação da sarcopenia em idosos hospitalizados.

Referência

Rossi, A.P.; Caliari, C.; Urbani, S.; Fantin, F.; Brandimarte, P.; Martini, A.; Zoico, E.; Zoso, G.; Babbanini, A.; Zanotelli, A.; et al. Sarcopenia Risk Evaluation in a Sample of Hospitalized Elderly Men and Women: Combined Use of the Mini Sarcopenia Risk Assessment (MSRA) and the SARC-F. Nutrients, 2021, 13, 635.

 

Leia também