fbpx

Em quais situações indica-se a dieta oral líquida restrita?

Postado em 3 de junho de 2019 | Autor: Natália Lopes

O objetivo é manter a hidratação com a mínima formação de resíduos intestinais, veja a indicação de utilização desta dieta

A Dieta líquida restrita é caracterizada pela presença de água, líquidos claros e carboidratos, cujo objetivo é manter a hidratação com a mínima formação de resíduos intestinais.

É normalmente indicada em situações em que há necessidade de repouso intestinal, como em casos de pós-operatórios imediatos, pré e pós-operatório de cirurgias intestinais e em casos de progressão de dieta, como após longo período em nutrição parenteral, e introdução da via oral é testada com a dieta líquida restrita.

Por ter muito restrita quanto aos grupos alimentares, essas dietas não conseguem oferecer um aporte nutricional e calórico adequado (oferece cerca de 375 a 600kcal/dia), por isso devem ser mantidas pelo menor tempo possível, evitando assim a depleção do estado nutricional.

Referência:

WAITZBERG, DL. Nutrição Oral, Enteral e Parenteral na Prática Clínica. 5ed. Rio de Janeiro: Editora Atheneu, 2017.

Leia também