fbpx


Informe de Evidência Clínica em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde

Postado em 18 de março de 2021 | Autor: Eduarda Rodrigues

São apresentadas evidências clínicas para aplicação das práticas integrativas na saúde do trabalhador e no desempenho de atividades físicas.

As PICS (Práticas integrativas e complementares de saúde), também reconhecidas e nomeadas pela OMS como Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI), desde 2006 foram incluídas na Atenção Primária à Saúde (APS) e disponibilizadas em todas as unidades do SUS.

Visando o uso e reconhecimento dessas práticas, que incluem Acupuntura, Auriculoterapia, Meditação, Plantas Medicinais e Fitoterapia, Práticas Corporais da Medicina Tradicional Chinesa e Yoga, neste ano foi lançado, pelo Ministério da Saúde em parceria com a Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CNPICS/MS), os informes de evidências clínicas das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, sobre atividades físicas e saúde do trabalhador.

Os documentos, tem como objetivo relacionar algumas práticas da medicina tradicional, com a yoga, auriculoterapia, práticas corporais da medicina tradicional chinesa e meditação, como atos a serem aplicados na redução e prevenção de estresses, na melhora no condicionamento físico e ainda apresentam evidências científicas que demonstram que a adoção dessas práticas ajuda no equilíbrio na pressão arterial e frequência cardíaca, assim como o aumento na qualidade de vida.

Para ter acesso ao conteúdo na íntegra, baixe os documentos abaixo:

  • DOWNLOAD
  • DOWNLOAD

Cadastre-se e receba nossa newsletter