>


Plantas medicinais no tratamento e prevenção de gripes e resfriados

Postado em 22 de julho de 2021 | Autor: Eduarda Rodrigues| Tempo de leitura: 3 min

As plantas medicinais são amplamente recomendadas e utilizadas para infecções virais

Plantas medicinais

Gripes e resfriados são duas patologias que estão associadas à mudança de tempo, sendo muito comum o seu aparecimento no inverno, momentos em que as pessoas ficam mais em locais fechados e a transmissão de vírus aumenta, apesar de serem transmitidas via contado indireto ou direto com secreções e terem sintomatologias semelhantes, são doenças distintas. E as plantas medicinais podem te ajudar!

A gripe é transmitida pelo vírus da influenza, podendo ocorrer uma vez ao ano, os sintomas geralmente aparecem de forma repentina, incluindo febre, dores no corpo, cansaço e a famosa tosse seca com congestão nasal.

Já o resfriado, transmitido pelo rinovírus, pode ser encontrado em todas as épocas do ano, seus sintomas são brandos e podem ocorrer secreções nasais, espirros e, em casos mais raros, uma febre leve.

Mas como o seu tratamento ocorre?

Geralmente essas infecções são tratadas com medicamentos farmacológicos antivirais, entretanto o uso da medicina tradicional, em especial as plantas medicinais é relevante e recomendado em diversas partes do mundo.

Em países Asiáticos, no Oriente Médio, alguns países da Europa e no Brasil o uso de fitoterápicos para o tratamento e para profilaxia de diversas doenças é amplamente.

E quais são os fitoterápicos mais usados no tratamento dessas infecções?

Alguns fitoterápicos são tradicionais na região de origem, sendo empregados há anos pela população local. Contudo alguns fitoterápicos ganham destaques mundialmente por seu efeito contra gripes e resfriados, como a Mentha x piperita L.(Hortelã), originaria da Ásia, a Cinnamomum zeylanicum (Canela), nativa da Índia e Sri Lanka, o Allium sativum L. (Alho), que se tem origem da Ásia central e o Eucalyptus globulus Labill. (Eucalipto) vindo da Austrália e Tasmânia. 

Essas plantas podem ser utilizadas na forma de extratos secos, por infusão com água e consumidas em forma de chás e até como pomadas.

Além dessas plantas, alguns estudos apontam a Rosa canina (Roseira-brava), o Sambucus nigra (Sabugueiro) e Melissa officinalis (Erva-cideira) como eficientes contra essas infecções virais, tendo respaldo de sua efetividade por inúmeros artigos científicos.

Confira abaixo as principais alegações e recomendações de uso das principais plantas utilizadas em gripes e resfriados:

Plantas medicinais

Plantas medicinais

 

 

 

 

 

 

 

 

Plantas medicinais Plantas medicinais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Apesar de serem bastante utilizados como forma de tratamento, muitos desses fitoterápicos também são utilizados de forma preventiva de doenças favorecendo o fortalecimento do sistema imunológico, este é o caso da Curcuma longa L (Cucurma), Echinacea purpurea L. Moench (Equinácea) e Citrus sp. (Frutas cítricas), podendo ser usada como método de profilaxia contra a Covid-19.

Referência

Plantas medicinais e fitoterápicos que podem ser usados durante a COVID-19

Biblioteca Virtual em Saúde – MINISTÉRIO DA SAÚDE

Sargin SA. Potential anti-influenza effective plants used in Turkish folk medicine: A review. J Ethnopharmacol. 2021.

Akram M, Tahir IM, Shah SMA, Mahmood Z, Altaf A, Ahmad K, Munir N, Daniyal M, Nasir S, Mehboob H. Antiviral potential of medicinal plants against HIV, HSV, influenza, hepatitis, and coxsackievirus: A systematic review. Phytother Res. 2018 May.

SAAD, Glaucia de Azevedo et al. Fitoterapia Contemporânea: tradição e ciência na prática clínica. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016. 441 p.

Cadastre-se e receba nossa newsletter