fbpx

O que é a forma farmacêutica de um fitoterápico?

Postado em 30 de outubro de 2017 | Autor: Natalia Correia Lopes

As plantas medicinais e fitoterápicos vêm sendo cada vez mais utilizadosno tratamento de diversas doenças, porém, para sua correta utilização, torna-senecessário o processamento da planta, inteira ou em partes, visando a suaadequação à via e forma de administração.

A forma farmacêutica é o estado final de apresentação da planta e de seuprincípio ativo, que facilita sua utilização e promove o efeito terapêuticoesperado.  As principais formasfarmacêuticas são: pó, tintura, infusão, decocção, extratos, óleos essenciais,xaropes, elixir, pomadas, pastas, cremes, géis, comprimidos e supositórios.

Algumas plantas permitem a utilização sob mais de uma formafarmacêutica, portanto, ao prescrever um fitoterápico, é imprescindível teratenção quanto a escolha da forma farmacêutica mais adequada ao efeitoterapêutico esperado.

 

Referências:

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Memento Fitoterápico: Farmacopéia Brasileira. Brasilia, DF, 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Práticas
Integrativas e Complementares: Plantas Medicinais e Fitoterapia na Atenção
Básica
. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de
Atenção Básica. Brasília, DF, 2012.

Esquivel AS, Endriukaite L, Furlan MR. Fitoterapia Nutricional. In: Waitzberg
DL. Nutrição Oral, Enteral e Parenteral
na Prática Clínica
. 5.ed. Atheneu, 2017.

 

Leia também